Big techs perdem US$ 386 bi em valor de mercado após resultados abaixo do esperado

Gigantes de tech têm ditado rumo do mercado de ações em 2023; mas o otimismo tem diminuído devido aos juros mais altos e à guerra no Oriente Médio

Placa do Google em feira de tecnologia
Por Subrat Patnaik
27 de Outubro, 2023 | 05:35 AM

Leia esta notícia em

Espanhol

Bloomberg — As sete maiores empresas de tecnologia que impulsionaram a recuperação das ações dos Estados Unidos este ano estão divulgando balanços abaixo do esperado, eliminando US$ 386 bilhões em valor de mercado e ameaçando empurrar o índice S&P 500 para uma correção.

A Alphabet (GOOGL), dona do Google, a Tesla (TSLA) e a Meta Platforms (META), controladora do Facebook, e a Microsoft (MSFT) caíram na bolsa desde a divulgação de seus balanços trimestrais, sendo que a última, no início com oscilação positiva, foi arrastada para baixo ontem.

A Amazon (AMZN) oscilou em negociações prolongadas após a divulgação dos resultados. As duas restantes – Apple (AAPL) e Nvidia (NVDA) – devem apresentar seus balanços no próximo mês.

As sete empresas têm ditado o rumo do mercado de ações em 2023, com um frenesi de interesse em torno da inteligência artificial alimentando ganhos para muitas delas.

PUBLICIDADE

O otimismo, contudo, tem sido reduzido devido às taxas de juros mais altas e à guerra no Oriente Médio – o S&P 500 caiu 9,8% desde o seu pico de 2023, colocando-o perto da queda de 10% que costuma ser classificada como uma correção em um bull market.

No entanto, ainda resta muita euforia. O índice Nasdaq 100, com grande exposição ao setor de tecnologia, dominado por essas sete empresas, permanece com alta de +29% no ano, o que significa que há muito espaço para o mercado cair.

Cerca de US$ 386 bilhões foram eliminados com o início da temporada de balanços das grandes empresas de tecnologiadfd

Os resultados da Meta pesaram sobre o mercado na quinta-feira. As ações caíram 3,7% depois que a gigante das mídias sociais frustrou as esperanças dos investidores quanto a uma recuperação da publicidade a longo prazo, dizendo que ela estava sujeita a um ambiente econômico incerto.

PUBLICIDADE

Isso ocorre após a Alphabet ter apagado quase US$ 180 bilhões em valor de mercado na quarta-feira, depois que a unidade de nuvem da empresa divulgou um lucro menor do que o esperado. A perda foi a maior redução de valor de mercado em uma única sessão para a gigante das buscas. No início do mês, o valor da Tesla diminuiu em US$ 72 bilhões em um dia após seus resultados.

O montante foi a maior perda de valor de mercado em uma única sessão para a gigante de buscas. No início do mês, o valor da Tesla encolheu US$ 72 bilhões em um dia após seus resultados.

O único vislumbre de esperança entre as sete grandes empresas, a Microsoft, foi frustrado na quinta-feira. A fabricante de software Windows caiu, revertendo uma alta anterior que havia acrescentado cerca de US$ 75 bilhões em valor de mercado na quarta-feira, depois que a gigante do software divulgou resultados do primeiro trimestre que superaram as expectativas.

A Alphabet e a Microsoft, que estão atrás da Amazon em infraestrutura de nuvem, têm se esforçado para desenvolver suas ofertas de IA como forma de tornar suas plataformas mais atraentes para os clientes. Seus conjuntos divergentes de resultados elevam o padrão para a líder de computação em nuvem, Amazon, quando a empresa divulgar seus lucros nesta quinta.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também:

De CFO a RI: quais são os cargos com os maiores salários na área de finanças

Real resiliente deve ajudar o Banco Central a cortar juros, diz estrategista do BTG