Trigo atinge o preço mais alto em um ano com preocupações sobre a oferta global

Cotação dos futuros de trigo em Paris chegou ao maior nível desde março de 2023; clima seco na região do Mar Negro prejudica o desenvolvimento das plantações

Colheita de trigo na Rússia
Por Megan Durisin Albery
27 de Maio, 2024 | 01:16 PM

Bloomberg — Os futuros de trigo em Paris atingiram o nível mais alto desde março de 2023, em meio a preocupações crescentes com as safras dos principais países produtores.

Uma seca na região do Mar Negro prejudica o desenvolvimento das lavouras. A Ucrânia caminha para o mês de maio mais seco já registrado, e os analistas também têm cortado as estimativas para a safra da Rússia, o maior exportador mundial da commodity. Enquanto isso, partes do oeste da Europa sofreram com excesso de chuva.

Leia também: Dívidas das 10 maiores recuperações judiciais do agro somam R$ 5 bilhões

Paris Wheat Reaches 1-Year High | Futures rally as crop concerns mount in major growing regionsdfd

Outras commodities agrícolas, como suco de laranja, café e arroz, também estão perto de máximas de vários anos, o que trouxe de volta os receios sobre inflação de alimentos. O Departamento de Agricultura dos EUA prevê que os estoques globais de trigo cairão para uma mínima de nove anos.

PUBLICIDADE

O contrato futuro de trigo mais ativo na bolsa Euronext subiu até 3,1% para 267,75 euros a tonelada. Isso eleva os preços em mais de 40% em relação à mínima de março.

As negociações em Chicago não abriram nesta segunda-feira (27) por conta do feriado do Memorial Day nos EUA.

Veja mais em Bloomberg.com