Jeff Bezos vende US$ 4 bi em ações da Amazon em apenas quatro dias

Embora o bilionário não tenha explicado o motivo da operação, alto imposto sobre ganho de capital em Seattle pode estar por trás da estratégia

Amazon busca más oficinas en Miami mientras Bezos se traslada al sur
Por Kristine Owram - Anna Edgerton
14 de Fevereiro, 2024 | 09:09 AM

Bloomberg — Jeff Bezos não esperou muito para começar a aproveitar o rali da Amazon (AMZN) no início do ano. Menos de duas semanas depois de divulgar um plano para se desfazer de até 50 milhões de ações da empresa que fundou, Bezos vendeu 24 milhões de ações, avaliadas em mais de US$ 4 bilhões.

As vendas, reveladas em arquivos regulatórios, ocorreram ao longo de apenas quatro dias de negociação. A segunda pessoa mais rica do mundo anteriormente não havia vendido ações desde 2021.

Bezos não explicou por que está vendendo agora, mas o momento em que instituiu o plano de negociação pode fornecer uma pista. Ele anunciou em 2 de novembro que estava se mudando para Miami, saindo da região de Seattle. Ele adotou um plano chamado “10(b)5-1″ em 8 de novembro.

O estado de Washington instituiu um imposto de ganhos de capital de 7% em 2022 – algo que a Flórida não tem – o que significa que a mudança de Bezos provavelmente está economizando para ele US$ 288 milhões até agora.

PUBLICIDADE

Como Bezos comprou apenas uma única ação da Amazon, é possível presumir que ele possui as ações desde a fundação da empresa e, portanto, virtualmente todo o seu valor seria considerado ganhos de capital.

As ações da Amazon subiram 13% este ano até o fechamento de segunda-feira (12), o último dia em que Bezos vendeu ações, de acordo com um documento. Elas caíram 2,2% para US$ 168,64 na terça-feira (13).

Porta-vozes da Amazon e de Bezos se recusaram a comentar.

PUBLICIDADE

Um imposto de US$ 288 milhões seria um ganho significativo para Washington, que arrecadou US$ 855 milhões com o imposto sobre ganhos de capital no ano passado, mais da metade dos quais veio de apenas 10 pessoas, de acordo com autoridades estaduais.

O imposto recebeu algumas críticas no estado. O bilionário Ken Fisher disse em março que mudaria sua empresa de Washington para o Texas, criticando o imposto e a decisão judicial que o manteve. Um projeto de votação pode chegar aos eleitores em novembro buscando revogar o imposto.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também:

Indústria de máquinas de construção aposta no agronegócio para impulsionar a demanda

Petrobras mira acordo com Mubadala por refinaria no primeiro semestre