Este executivo veterano do Google e do Softbank é o mais novo bilionário dos EUA

Nikesh Arora, que já foi o executivo mais bem pago do Google e depois foi contratado pelo Softbank, hoje lidera a empresa de cibersegurança Palo Alto Networks

Nikesh Arora
Por Tom Maloney
03 de Janeiro, 2024 | 11:15 AM

Bloomberg — O executivo Nikesh Arora teve sucesso repetido em receber altos salários ao longo da carreira. No Google, tornou-se o executivo mais bem pago da empresa ao receber um pacote de compensação no valor de cerca de US$ 51 milhões em 2012, o que gerou ganhos em ações de pelo menos US$ 200 milhões até sua saída.

Contratado em 2014 por Masayoshi Son, da SoftBank Group, e elogiado como o provável sucessor do lendário investidor, ele acumulou um pacote de compensação no primeiro ano de US$ 135 milhões, que quebrou recordes japoneses e o tornou o executivo mais bem pago do mundo.

Mas é a mais recente empreitada de Arora, como CEO da empresa de cibersegurança Palo Alto Networks, que o catapultou para a classe dos bilionários.

A Palo Alto Networks concedeu a Arora um pacote de compensação de ações e opções no valor de US$ 125 milhões quando ele foi contratado em 2018. Graças ao crescimento do mercado de software de cibersegurança após uma série de incidentes que prejudicaram cassinos, portos e até os mercados do Tesouro, o preço das ações da empresa mais que quadruplicou desde então — e a participação de Arora agora vale US$ 830 milhões.

PUBLICIDADE

Somado os enormes bônus que ele recebeu no início de sua carreira, o patrimônio líquido de Arora é de US$ 1,5 bilhão, de acordo com o Bloomberg Billionaires Index. Isso o torna um raro CEO bilionário do setor de tecnologia que não é fundador.

Um porta-voz da Palo Alto Networks não respondeu aos pedidos de comentários.

A maior parte da participação de Arora na Palo Alto Networks está relacionada a mais de 3,4 milhões de opções que lhe foram concedidas ao ingressar na empresa. Essas estavam sujeitas ao alcance de metas de preço das ações, todas agora atingidas, incluindo a meta mais alta: um ganho de 300%.

PUBLICIDADE

Prêmios em ações

Em 2023, Arora vendeu quase US$ 300 milhões em ações ao exercer algumas das opções.

Ele está pronto para continuar construindo sua fortuna na Palo Alto Networks. A compensação de Arora para 2023 inclui um máximo de 750.000 ações em bônus que são investidos após o alcance de determinadas condições de desempenho, atualmente avaliados em mais de US$ 220 milhões.

Em seu comunicado, a empresa afirmou que o prêmio era justificado porque o desempenho sólido de Arora nos primeiros cinco anos significava que ele já havia sido capaz de investir “US$ 102 milhões de valor a cada ano”.

“Devido a essa propriedade significativa já investida e à quantia que o sr. Arora estava projetado para investir nos próximos anos, o Conselho determinou que um prêmio significativo em ações seria necessário para garantir que tal prêmio retivesse e envolvesse o sr. Arora”.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

Bitcoin perde fôlego e tem forte queda depois de subir 160% em 2023

Tecnologia ou criação e empatia? Este vencedor de Nobel aconselha novas gerações