Casino, dono do Pão de Açúcar, tem oferta de US$ 1,2 bi que pode mudar controle

Proposta do investidor tcheco Daniel Kretinsky, que incluiria recompras em dinheiro da dívida da rede, poderia levar a uma grande diluição de Jean-Charles Naouri

Grupo também está em negociações com o proprietário da Intermarche, Les Mousquetaires
Por Albertina Torsoli
24 de Abril, 2023 | 10:15 AM

Bloomberg — O investidor tcheco Daniel Kretinsky propôs um investimento de 1,1 bilhão de euros (US$ 1,2 bilhão) na endividada empresa de supermercado francesa Casino Guichard-Perrachon, dona do Grupo Pão de Açucar (PCAR3), que poderia acabar com o controle exercido por Jean-Charles Naouri.

Kretinsky investiria até 750 milhões de euros em um aumento de capital reservado, disse o Casino nesta segunda-feira (24). De acordo com sua proposta, a Fimalac, outro acionista do Casino, poderia investir até 150 milhões de euros, e os acionistas existentes receberiam até 200 milhões de euros.

O Casino disse que vai examinar o plano. A proposta de Kretinsky incluiria recompras em dinheiro da dívida da rede, convertendo-a em equity, potencialmente levando a uma mudança de controle e a uma grande diluição dos acionistas existentes. Isso exigiria uma renúncia dos credores garantidos da empresa, disse o Casino.

A ação operava entre ganhos e perdas nesta segunda-feira na Bolsa de Paris.

PUBLICIDADE

“Ainda não está claro se Kretinsky declarou guerra a Naouri ou emergiu como seu cavaleiro branco”, escreveu Clement Genelot, analista da Bryan Garnier. “Se aprovados, esses aumentos de capital iriam reorganizar muito a estrutura de propriedade, com Naouri perdendo o controle em benefício de Kretinsky.”

Em outra nota, o Casino disse que está em negociações com o proprietário da Intermarche, Les Mousquetaires, para aprofundar sua aliança de compra e estendê-la a uma joint venture que o Casino planeja com a varejista Teract.

Fechar um ou ambos os negócios pode marcar outra fuga de um possível desastre para Naouri, que construiu um império de supermercados na França e na América Latina ao longo de mais de 30 anos com generosas porções de dinheiro emprestado.

PUBLICIDADE

Para Naouri, 74 anos, pode ser uma alternativa para salvar o Casino de cair nas mãos dos credores, já que ele enfrenta o desafio de ter que pagar US$ 3,2 bilhões em dívidas nos próximos dois anos.

O executivo francês ficou conhecido no Brasil há uma década ao travar - e vencer - uma batalha com o empresário Abilio Diniz pelo controle do GPA, o Grupo Pão de Açúcar. Abilio acabou saindo do grupo fundado por seu pai e construiu fatia relevante no capital do rival Carrefour.

Naouri salvou a estrutura endividada do colapso em 2019 ao obter proteção contra dívidas para as holdings por meio das quais controla o Casino.

Charles Allen, analista do setor de varejo da Bloomberg Intelligence, destacou que a proposta de aumento de capital da EP Global Commerce para resgatar o Grupo Casino, 57% maior que o valor de mercado, enfrenta vários obstáculos, com o envolvimento do Groupement Les Mousquetaires levantando questões antitruste.

No fim do ano passado, o Casino levantou cerca de R$ 2,7 bilhões com a venda de parte de sua participação na brasileira Assaí, um dos maiores players do segmento conhecido como “atacarejo”.

Novas alianças

Kretinsky fez fortuna construindo o maior grupo de energia da Europa Central. Ele vem diversificando e assumindo posições em várias empresas europeias e americanas, como a varejista britânica J Sainsbury e a rede de varejo americana Foot Locker, especializada em artigos esportivos. Ele também é acionista minoritário do jornal Le Monde e do canal de TV TF1 na França.

O Casino pretende estender sua aliança com a Intermarché até 2028. A varejista pode vender à Intermarche várias lojas na França ao longo de vários anos, representando um faturamento mínimo de 1,1 bilhão de euros.

PUBLICIDADE

As ações do cassino perderam mais da metade de seu valor no ano passado, dando ao proprietário da Franprix e do Monoprix um valor de mercado abaixo de 750 milhões de euros. Os títulos da empresa são negociados em níveis profundamente problemáticos, o que implica que os investidores veem um default como provável.

As ações da Rallye, o veículo de investimento por meio do qual Naouri controla o Casino, foram suspensas nesta segunda-feira (24), aguardando outro comunicado.

Genelot, analista da Bryan Garnier, disse que é cada vez mais provável que Rallye vá à falência. A empresa se recusou a comentar.

Negociações

O Casino está considerando pedir um conciliador nomeado pelo tribunal para supervisionar as discussões com credores bancários e detentores de títulos sobre os planos de Kretinsky e da Intermarché, uma vez que a aprovação dos credores pode ser necessária para as transações.

PUBLICIDADE

A varejista pedirá aos detentores de títulos que concordem que a nomeação de um conciliador não constitui inadimplência de sua dívida.

As negociações com a Intermarche podem levar à criação de um varejista mais capaz de competir no setor de varejo da França, em um momento em que os consumidores estão controlando os gastos em meio à inflação desenfreada. A nova empresa se beneficiaria do acesso do Casino e da Teract a alimentos frescos, vegetais e itens de padaria, bem como das ofertas de peixe e carne da Intermarche.

O Les Mousquetaires está disposto a se tornar um acionista minoritário na nova entidade a ser criada pela Casino com a Teract. Os acionistas da Teract incluem a gigante cooperativa agrícola InVivo Group, o empresário de telecomunicações Xavier Niel e o banqueiro Matthieu Pigasse.

O Les Mousquetaires e a InVivo estão considerando um investimento de 300 milhões de euros, com o Casino e a Teract em negociações em andamento com potenciais investidores para injetar um total de 500 milhões de euros.

PUBLICIDADE

Dependendo do andamento, as negociações serão submetidas à consulta por grupos de funcionários, reguladores e conselhos do Casino, da Les Mousquetaires, Teract e InVivo, disseram as empresas. Um acordo vinculativo entre as partes pode estar em vigor antes do final do segundo trimestre, acrescentaram.

Kretinsky já possui uma participação de 10,1% no Casino.

PUBLICIDADE

-- Com a colaboração de Julien Ponthus, Jerrold Colten e Giulia Morpurgo.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE

Casino levanta R$ 2,7 bilhões com oferta secundária do Assaí, dizem fontes

LVMH é a primeira empresa da Europa com valor de mercado superior a US$ 500 bi

Capital dos armazéns enfrenta decadência após o boom durante a pandemia