Mercados

Dólar supera os R$ 5,30 e Ibovespa perde os 99 mil pontos com commodities e fiscal

After Hours: Sessão foi de menor liquidez por conta do feriado de Dia da Independência nos EUA, que deixou as bolsas fechadas por lá

After hours
04 de Julho, 2022 | 05:28 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg Línea — O Ibovespa (IBOV) encerrou o pregão desta segunda-feira (4) em queda de 0,35%, abaixo dos 99 mil pontos, em uma sessão de menor liquidez por conta dos mercados fechados nos Estados Unidos, dado o Dia da Independência.

O principal índice de renda variável da Bolsa brasileira tentou se manter no campo positivo com os ganhos de até 2,4% das ações da Petrobras (PETR3; PETR4) e de pares, sustentados pela alta do petróleo. Mas as ações de siderurgia e mineração, como Vale (VALE3), que caiu 0,57%, pesaram sobre o desempenho após novos casos de covid-19 na China derrubarem os preços do minério de ferro. Na máxima do dia, o Ibovespa chegou a ser negociado a 99.353 pontos.

O aumento do risco fiscal também contribuiu para as perdas, destaca Idean Alves, sócio e chefe da mesa de operações da Ação Brasil Investimentos. “A PEC dos Auxílios aumenta os temores dos investidores com o risco constante de abertura de exceções à âncora fiscal, em ano de eleições. Com a eventual instauração do ‘estado de emergência’, vai ser dada uma carta branca para o estado gastar como bem entender, aumentando a pressão sobre as contas públicas”, diz.

Na Bolsa, os maiores ganhos de hoje vieram das ações de Hapvida (HAPV3) e Locaweb (LWSA3), que subiram 7,47% e 4,20%, respectivamente. Na ponta oposta, lideraram as perdas os papéis de IRB Brasil (IRBR3), que recuou 4,63%, e Yduqs (YDUQ3), com queda de 4,31%.

PUBLICIDADE

Confira como fecharam os mercados nesta segunda-feira (4):

Na Europa, as principais bolsas fecharam no azul, após o índice de preços ao produtor (PPI) desacelerar para 36,3%, valor menor que o esperado, contribuindo para um maior otimismo na região.

Na agenda da semana, destaque para a ata do Federal Open Market Committee (Fomc), que sai na quarta-feira (6), e para os dados do mercado de trabalho medidos pelo Payroll que sairão na sexta-feira (8).

Já no âmbito doméstico, os investidores aguardam os dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de junho, que saem na sexta (8), bem como para a PEC dos benefícios, que concede uma série de benefícios sociais, deve ser aprovada com celeridade, podendo ir para plenário ainda nesta semana.

PUBLICIDADE

*Matéria atualizada às 18h12 (horário de Brasília) para incluir o fechamento do dólar.

Leia também:

Investidor dos EUA vê Brasil barato, mas segura aposta, diz Itaú

Mariana d'Ávila

Mariana d'Ávila

Redatora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.

PUBLICIDADE