Brasil

5 eventos que vão mexer com os mercados nesta semana

Aumento do Auxílio Brasil, PEC dos Combustíveis e novo CEO da Petrobras são alguns dos destaques

Governo segue empenhado em buscar medidas que contenham a alta de preços, especialmente dos combustíveis, e diminuam o impacto da inflação sobre a popularidade de Jair Bolsonaro
Por Fernando Travaglini
26 de Junho, 2022 | 07:18 am
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — Jair Bolsonaro promete elevar Auxílio Brasil para R$ 600. Relatório da PEC dos combustíveis sai segunda-feira (27). Conselho da Petrobras (PETR4; PETR3) pode ratificar novo CEO. Relatório Trimestral de Inflação será divulgado na quinta, com atraso. Roberto Campos Neto no exterior. BCE realiza fórum com Jerome Powell e Christine Lagarde. Veja destaques:

Auxílio e PEC

O governo segue empenhado em buscar medidas que contenham a alta de preços, especialmente dos combustíveis, e diminuam o impacto da inflação sobre a popularidade de Jair Bolsonaro. O presidente confirmou nesta sexta-feira (24) que pretende elevar o Auxílio Brasil para R$ 600. A ideia é trocar a compensação aos estados para baixar o ICMS dos combustíveis por um aumento do programa social.

As alterações serão feitas na própria PEC dos Combustíveis, que terá um impacto total de R$ 34,8 bilhões fora do teto de gastos, incluindo também auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros, disse o senador Fernando Bezerra. O relatório será apresentado na segunda-feira.

Ainda no Congresso, oposição consegue assinaturas para abrir uma CPI do MEC, na esteira da operação da PF, enquanto Arthur Lira ainda pressiona por alterações na Lei das Estatais.

PUBLICIDADE

RTI com atraso

Banco Central divulga o Relatório Trimestral de Inflação no dia 30, a partir das 8h00. Documento foi adiado em uma semana, em função da greve dos servidores. A entrevista, no entanto, já ocorreu, na última quinta-feira.

O presidente do BC, Roberto Campos Neto, esclareceu que a estratégia é trazer a inflação de 2023 para o “redor da meta”, devido às incertezas e os choques mais persistentes. “Ao redor é menos que 4%”, disse Campos Neto, sem especificar números. Focus segue suspenso pela paralisação dos funcionários. Semana deve ter ainda dados do governo central, desemprego e IGP-M.

Roberto Campos Neto faz palestra no X Fórum Jurídico de Lisboa, no dia 27 e, antes, participa de Reunião Bimestral de Presidentes de Bancos Centrais, promovida pelo BIS na Basileia (Suíça), de 24 a 26 de junho.

Petrobras

O conselho de administração da Petrobras deve se reunir na segunda-feira (27) e a tendência é de aprovação de Caio Paes de Andrade como novo presidente, na vaga de José Mauro Coelho, que renunciou essa semana, diz o Estado, que cita três conselheiros não identificados.

PUBLICIDADE

Exterior

Banco Central Europeu realiza fórum em Portugal, com a participação de banqueiros centrais dos principais países, em momento de grandes preocupações com a inflação e desaceleração global. Painel na quarta-feira reunirá os presidentes do BCE, Christine Lagarde, do Fed, Jerome Powell, do BOE, Andrew Bailey. Países do G-7 iniciam uma cúpula de três dias na Alemanha no domingo, seguida por uma reunião de líderes da Otan em Madri, em meio à guerra na Ucrânia.

Empresas

Oi (OIBR3) prevê divulgar o balanço no dia 28 de junho, depois de adiar a divulgação dos seus resultados do 1º trimestre de 2022 por duas vezes. No mesmo dia, a Tim (TIMS3) reúne os acionistas para discutir a compra da parte que lhe cabe nos ativos da Oi Móvel. No dia 30, a Aneel promove leilão de linhas de transmissão em 13 lotes, com previsão de investimento de R$ 15,3 bilhões se todos forem arrematados.

Veja mais em bloomberg.com

PUBLICIDADE