PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Ibovespa cai abaixo dos 100 mil pontos puxado por Petrobras e siderúrgicas

Principal índice da Bolsa brasileira operava no vermelho nesta sexta, com baixa de mais de 8% das blue chips Vale e Petrobras

Ibovespa reage tardiamente ao sell-off visto no exterior após o aperto monetário agressivo do Federal Reserve para conter a inflação
17 de Junho, 2022 | 12:58 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg Línea — O Ibovespa (IBOV) opera em forte queda nesta sexta-feira (17), após a Bolsa brasileira ter ficado fechada no dia anterior por causa do feriado de Corpus Christi. Com isso, o índice reage tardiamente ao sell-off visto no exterior após o aperto monetário agressivo do Federal Reserve para tentar conter a inflação. A queda aproximada de 3,7% por volta das 13h fazia o Ibovespa perder o patamar dos 100 mil pontos: estava em 98.960 pontos.

A queda do minério de ferro pelo sétimo dia consecutivo também contribui para perdas, como a da blue chip Vale (VALE3), que recuava cerca de 6% por volta das 13h (horário de Brasília). O movimento era seguido por outras ações de siderurgia, como CSN (CSNA3) e Metalúrgica Gerdau (GOAU4), que caíam mais de 7%.

Os preços da commodity voltaram a níveis vistos pela última vez em janeiro, à medida que a política “zero covid” da China gera preocupações de que as interrupções na atividade industrial durem meses.

Os contratos futuros da matéria-prima siderúrgica em Singapura caíram quase 7% nesta sexta-feira e ficaram abaixo de US$ 120 a tonelada pela primeira vez este ano. Na semana, o tombo foi de quase 15%, o maior declínio em nove meses.

PUBLICIDADE

As ações da Petrobras (PETR3; PETR4), que também têm grande peso no índice, caíam mais de 8% e contribuíam para o recuo do Ibovespa, em um dia de queda para o petróleo. A companhia anunciou nesta manhã um novo aumento no preço da gasolina e do diesel. Segundo a petroleira, o reajuste será de 5,2% na gasolina e de 14,2% no diesel e visa paridade com o mercado global.

No exterior, o sentimemento de cautela fazia com que os mercados operassem sem direção definida. Ontem o índice S&P 500 fechou no menor patamar desde dezembro de 2020, enquanto o Nasdaq 100, de ações de tecnologia, afundou 4%.

A sexta-feira também traz o evento trimestral conhecido como “bruxaria tripla”. O vencimento das opções em volume de US$ 3,5 trilhões pode levar a onda de venda a descoberto, o que pode trazer alívio temporário para o mercado de ações com investidores buscando papeis para cobrir as posições.

Confira o desempenho dos mercados nesta sexta-feira (17):

PUBLICIDADE
  • Por volta das 13h (horário de Brasília), o Ibovespa caía 3,74%, aos 98.960 pontos;
  • O dólar à vista avançava 1,6%, negociado a R$ 5,14;
  • Entre os contratos de juros futuros, o DI para 2025 recuava seis pontos-base, a 12,61%;
  • Nos EUA, o Dow Jones recuava 0,35%, o S&P 500 tinha baixa de 0,13%, e a Nasdaq subia 0,86%;
  • Na Europa, o índice Dax, da Alemanha, subia 0,65%, enquanto o FTSE, do Reino Unido, caía 0,66%.

-- Com informações da Bloomberg News

Leia também:

O tamanho do crescente mercado de armas para pessoas físicas no Brasil

Mariana d'Ávila

Mariana d'Ávila

Redatora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.