Estilo de vida

Tequila e mezcal têm feito mais sucesso que uísque nos EUA

Destilados de agave, originários do México, são populares também no Reino Unido, Rússia, Alemanha e Japão

Ambas são feitas a partir do agave
Por Tiffany Kary
11 de Junho, 2022 | 08:02 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Este ano, os americanos gastarão pela primeira vez mais dinheiro em mezcal e tequila – ambos feitos de plantas de agave – do que em uísques feitos nos Estados Unidos.

Até 2023, a categoria também terá ultrapassado a vodca, tornando-a o destilado mais comprado pelos Estados Unidos em valor – aproximadamente US$ 13,3 bilhões, contra US$ 12,5 bilhões da vodca e US$ 12,3 bilhões do uísque americano, segundo pesquisa divulgada esta semana pela IWSR.

As três marcas de tequila que mais cresceram entre 2016 e 2021 por volume foram a Casamigos, agora propriedade da Diageo, e as marcas independentes Clase Azul e Piedra Azul, de acordo com a IWSR. Os três primeiros mezcals de maior crescimento no mesmo período foram o Pierde Almas da Diageo e as marcas independentes Bozal e Ilegal, de acordo com a empresa de pesquisa, que monitora as tendências globais de bebidas alcoólicas.

Em 2021, as duas bebidas à base de agave juntas eram a categoria de destilados com maior crescimento nos EUA, se igualando com o uísque americano como a segunda categoria mais valiosa do país depois da vodca no que diz respeito a faturamento em valor, de acordo com a IWSR.

PUBLICIDADE

O mezcal, primo da tequila, mas com sabor mais defumado, normalmente é cozido diretamente sobre lenha, carvão e barro em vez de colocado em potes de cobre. E é de longe a bebida com o crescimento mais rápido no país. Nos Estados Unidos, esse destilado cresceu 53% em valor em 2021 ante 2020, comparado com a tequila, que cresceu apenas 27%. Combinadas, as bebidas formam a categoria de destilados feitos a partir das grandes plantas de agave, com expectativa de crescimento de 81% em valor nos EUA de 2021 a 2026, de acordo com a IWSR.

Os destilados de agave, originários do México, não são populares apenas nas Américas. Reino Unido, Rússia, Alemanha e Japão estão entre os dez maiores mercados das bebidas. Dentre esses dez mercados, o que mais cresce é o Canadá, onde os destilados de agave devem crescer 93% em volume e 109% em valor de 2021 a 2026.

--Este texto foi traduzido por Bianca Carlos, localization specialist da Bloomberg Línea.

Veja mais em Bloomberg.com

PUBLICIDADE

Leia também

Busca por diversificação continua mesmo com juro alto, diz C6 Bank

Estes são os mais novos restaurantes com estrelas Michelin em Miami

PUBLICIDADE