PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Negócios

Robinhood corta 9% da equipe em tempo integral após ‘hiper crescimento’

Companhia tinha cerca de 3,8 mil funcionários em tempo integral no final de 2021; ações caíram 5,3% nesta terça na bolsa de NY

Robinhood
Por Annie Massa
26 de Abril, 2022 | 06:30 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A Robinhood Markets (HOOD) está demitindo 9% de sua equipe em tempo integral, depois que o “hiper crescimento” da corretora online esfriou.

PUBLICIDADE

A empresa passou por um período de contratações rápidas à medida que se expandiu em 2020 e no primeiro semestre de 2021, levando a “alguns papéis e funções de trabalho duplicados, e mais camadas e complexidade do que o ideal”, disse o CEO Vlad Tenev nesta terça-feira (26) em um comunicado. A empresa tinha cerca de 3,8 mil funcionários em tempo integral no final do último ano.

A Robinhood explodiu em popularidade durante a pandemia, quando novos investidores usaram o aplicativo para negociar através de oscilações de mercado e aumentos em ações de memes e criptomoedas. Mas a atividade comercial, que compõe a maior parte da receita da Robinhood, começou a diminuir.

PUBLICIDADE

As ações da empresa com sede em Menlo Park, Califórnia, caíram 5,3%, para US$ 9,47 em Nova York. Desde sua oferta pública inicial, em julho, os papéis da companhia caem 74% na bolsa.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Por que os unicórnios brasileiros estão demitindo

Bloomberg Línea lança lista de 50 Mulheres de Impacto da América Latina em 2022