PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Internacional

Joe Biden relata US$ 610.702 em receita em 2021, menos que a família Harris

Declaração de imposto da família presidencial dos EUA permaneceu praticamente inalterada em relação ao ano anterior

Taxa de imposto federal efetiva de Biden foi de 24,6% no ano passado
Por Justin Sink
15 de Abril, 2022 | 06:33 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg News — O presidente Joe Biden e a primeira-dama Jill Biden registraram uma receita de US$ 610.702 em 2021 e pagaram US$ 183.925 em impostos federais e estaduais, de acordo com a declaração anual divulgada nesta sexta-feira (15) pela Casa Branca.

A declaração de imposto da família permaneceu praticamente inalterada em relação ao ano anterior, embora as doações de caridade tenham caído de US$ 30.704 em 2020 para US$ 17.394 no ano passado. A maior doação para caridade foi uma doação de US$ 5.000 para a Fundação Beau Biden, uma organização sem fins lucrativos contra o abuso infantil criada em homenagem ao falecido filho do presidente. O presidente também doou para duas igrejas católicas em Delaware, onde frequenta regularmente os cultos.

A taxa de imposto federal efetiva de Biden foi de 24,6% no ano passado, e sua renda veio principalmente do salário presidencial de Biden e do trabalho da primeira-dama no Northern Virginia Community College.

Os Bidens também receberam mais de US$ 52.000 de pensões e anuidades, bem como mais de US$ 46.000 em benefícios da Previdência Social. A dupla também relatou quase US$ 62.000 em receita de suas corporações S, que os Bidens usaram para administrar a receita de seus negócios de livros.

PUBLICIDADE

A Casa Branca disse em comunicado que a divulgação das declarações fiscais marcou o 24º ano em que Biden estava divulgando sua renda ao povo americano, “mais uma vez demonstrando seu compromisso de ser transparente com o povo americano sobre as finanças do comandante.”

O ex-presidente Donald Trump se recusou repetidamente a divulgar seus impostos de renda durante sua campanha presidencial e depois de assumir o cargo, dizendo que não queria fazê-lo enquanto estava sob auditoria da Receita Federal.

A vice-presidente Kamala Harris e o segundo cavalheiro Doug Emhoff também divulgaram seu retorno de 2021 na sexta-feira, mostrando US$ 1.655.563 em renda e US$ 700.373 em impostos estaduais e federais. Essa quantia inclui o salário do vice-presidente e os salários de Emhoff como professor na Universidade de Georgetown, bem como a renda da parceria da carreira do segundo cavalheiro trabalhando nas empresas DLA Piper e Venable.

Harris relatou ter arrecadado US$ 319.082 com a venda de seu loft em São Francisco, que foi vendido por US$ 860.000 no ano passado. A segunda família contribuiu com US$ 22.100 para caridade, liderada por doações de US$ 5.000 cada para a Howard University, onde o vice-presidente frequentou a faculdade, bem como para a California State University Northridge e a University of Southern California, onde o segundo cavalheiro frequentou a faculdade e a faculdade de direito, respectivamente.

PUBLICIDADE

Leia também

As ações e os fundos preferidos dos investidores de alta renda no último mês

Rodadas da semana: startups da América Latina que captaram investimentos