Dólar deve ganhar terreno em relação às maiores moedas, diz pesquisa

A maioria dos investidores - 56% - vê o dólar se fortalecendo contra as principais moedas novamente no atual trimestre, e apenas 29% esperam uma queda

Un cartel de cambio de moneda digital muestra dólares estadounidenses en Turquía. Fotógrafo: Bloomberg Creative Photos
Por Felice Maranz e Alyce Andres
11 de Abril, 2022 | 12:55 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — Os investidores estão confiantes no futuro do dólar - seja como ativo de reserva global, porto seguro ou simplesmente um bom investimento, de acordo com 324 entrevistados em pesquisa do blog Markets Live da Bloomberg.

A maioria dos investidores - 56% - vê o dólar se fortalecendo contra as principais moedas novamente no atual trimestre, e apenas 29% esperam uma queda. Cerca da metade dos entrevistados eram dos EUA ou Canadá, 27% da Europa e 15% da Ásia.

Na sexta-feira, o Bloomberg Dollar Spot Index atingiu o mais alto nível em quase dois anos com operadores se preparando para uma trajetória agressiva de aumentos nas taxas de juros do Federal Reserve.

O índice de preços ao consumidor dos EUA em fevereiro atingiu taxa anual de 7,9% e a estimativa mediana da Bloomberg é de 8,4% para os dados de março que serão divulgados na terça-feira. Os bancos centrais estão atrasados em trazer a inflação sob controle, de acordo com pesquisa MLIV anterior.

PUBLICIDADE
  dfd

A maioria dos entrevistados diz que as sanções à Rússia, que incluíram o congelamento de suas reservas cambiais, não vão acelerar o uso de outras moedas como reserva global de bancos centrais. Isso apesar de avisos do Fundo Monetário Internacional e outros sobre o declínio do domínio do dólar.

A participação do dólar nas reservas internacionais está em declínio há 20 anos, caindo 12 pontos percentuais para 59% em 2021, segundo o FMI.

Um mundo multipolar emergente cria a necessidade de várias moedas de reserva, disse Zoltan Pozsar, diretor e estrategista do Credit Suisse, no podcast Odd Lots. Ele também alertou que as sanções que bloqueiam o acesso da Rússia às suas reservas em moeda estrangeira poderiam afastar outros países do dólar.

  dfd

No entanto, quando solicitados a nomear as três moedas que deterão a maior parcela das reservas globais dos bancos centrais em cinco anos, 97% dos entrevistados incluem o dólar em sua escolha, e a maioria vê o euro, com 83% dos votos, e o iene, com 56%, mantendo-se perto do topo da tabela. O yuan chinês recebe 40% das respostas; a libra, o franco suíço e os dólares canadense e australiano pontuam menos de 10% cada.

PUBLICIDADE

Mas as opiniões variam de acordo com a região, com apenas 33% das pessoas na América do Norte esperando que o declínio do dólar acelere, contra 43% no resto do mundo. Na Ásia, 47% acham que o declínio da moeda americana como reserva deve se acelerar.

Quando se trata de preferências de porto seguro, a maioria prefere o dólar – mesmo em comparação com o franco suíço e o iene japonês.

  dfd

NOTA: A pesquisa Markets Live foi realizada entre 5 e 8 de abril.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também