Cripto

ApeCoin mantém queda após pico do lançamento

Airdrop, ou a distribuição gratuita, da criptomoeada pode gerar diluição de valor no longo prazo

Criptomoeda chegou a US$ 13,30
Por Muyao Shen
02 de Abril, 2022 | 08:23 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — No mundo das criptomoedas, circulam relatos de fortunas virtuais ganhadas e perdidas nas últimas semanas com a distribuição de ApeCoin, criptomoeda ligada ao token não fungível (ou NFT, na sigla em inglês) Bored Apes.

A distribuição (ou “airdrop”, no jargão desse mercado) de 150 milhões de NFTs entre colecionadores dos projetos Bored Ape Yacht Club e Mutant Ape Yacht Club pode parecer uma tática nova para manter o burburinho dos NFTs. Mas é uma prática de longa data no mundo digital, que revela potenciais armadilhas quando a euforia diminui.

Os airdrops “são comprovadamente uma ferramenta muito eficaz para criar entusiasmo e uma comunidade em torno de um projeto”, afirmou a Kaiko, empresa que acompanha dados de trading de criptomoedas, em boletim divulgado na segunda-feira (21). “No entanto, airdrops não estão isentos de riscos.”

Os tokens distribuídos dessa forma têm histórico de desempenho misto. Segundo dados compilados pela Kaiko, os preços dos NFTs saltaram no curto prazo e em seguida tiveram queda constante após airdrops realizados por grandes projetos cripto como ApeCoin, Ethereum Name Service e a bolsa descentralizada Uniswap.

PUBLICIDADE
Os últimos quatro grandes eventos de lançamento aéreo de criptomoedas mostram que sempre trouxe alta volatilidade ao preço do token.Fonte: Kaikodfd

A ApeCoin subiu cerca de 7%, chegando a US$ 13,30 nas últimas 24 horas, segundo dados da CoinMarketCap.com. A distribuição inicial de aproximadamente 30% das moedas aconteceu em 17 de março. A quantia em circulação aumentará em intervalos regulares durante 48 meses, aumentando o risco de diluição do valor dos tokens distribuídos anteriormente.

Após o airdrop da Uniswap, em setembro de 2020, o preço de seu token UNI subiu para US$ 7,82 e então, em quatro dias, perdeu mais da metade de seu, de acordo com dados da CoinGecko. A cotação do UNI permaneceu abaixo de US$ 7,82 até janeiro de 2021.

Grandes investidores e idealizadores do projeto foram os que mais ganharam com a distribuição de ApeCoin. Quando a moeda foi lançada, as firmas de venture capital Andreessen Horowitz e Animoca Brands faziam parte de um grupo que recebeu coletivamente 14% do total distribuído, o equivalente a cerca de US$ 2 bilhões a preços vigentes.

A ApeCoin terá papel crucial no metaverso projetado pela Yuga Labs, criadora do Bored Ape Yacht Club (BAYC). A ApeCoin será a moeda do “ecossistema Ape”. Seus detentores terão direito de participar da governança de uma organização autônoma descentralizada chamada ApeCoin DAO, de acordo com seu website.

PUBLICIDADE

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE