PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Eleições 2022

Persio Arida, economista de governos tucanos, reuniu-se com Mercadante, do PT

Efeito da aproximação Lula-Alckmin: segundo Mercadante, “há interesse em aprofundar as discussões”, mas não compromisso com programa de governo por enquanto

Persio Arida, economista que serviu a governos tucanos, conversa com o PT
29 de Março, 2022 | 06:11 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — Um dos formuladores do Plano Real, o economista Persio Arida reuniu-se com o ex-ministro Aloizio Mercadante, um dos petistas mais próximos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O encontro ocorreu na semana passada, na Fundação Perseu Abramo, ligada ao PT, que é presidida por Mercadante.

Ex-presidente do Banco Central e do BNDES no governo FHC, Arida coordenou o programa econômico de Geraldo Alckmin em 2018. O ex-tucano, agora filiado ao PSB, é o provável candidato a vice na chapa encabeçada por Lula. O encontro foi revelado pela agência Brasília Alta Frequência e confirmado pela Bloomberg Línea por Mercadante, nesta terça (29).

Segundo Mercadante, o diálogo foi sobre “conjuntura e os desafios” da área econômica. “Há disposição e interesse em aprofundar as discussões, mas não há necessariamente compromisso com o programa de governo”, disse o petista à Bloomberg Línea, por mensagem de texto.

O ex-ministro ressaltou que “não há compromisso com o programa ou candidatura da parte dele”.

PUBLICIDADE

O ex-ministro lembrou que foram colegas de graduação em ciências econômicas na USP nos anos 1970 e seguiram caminhos distintos, com Arida ligado aos governos tucanos e Mercadante no PT.

“Tenho apreço e respeito por ele”, disse Mercadante.

Leia também

Graciliano Rocha

Graciliano Rocha

Editor da Bloomberg Línea no Brasil. Jornalista formado pela UFMS. Foi correspondente internacional (2012-2015), cobriu Operação Lava Jato e foi um dos vencedores do Prêmio Petrobras de Jornalismo em 2018. É autor do livro "Irmã Dulce, a Santa dos Pobres" (Planeta), que figurou nas principais listas de best-sellers em 2019.