Estilo de vida

A estratégia que levou milhares de consumidores às ruas por um relógio da Swatch

Lançamento da marca em parceria com a Omega faz parte de uma estratégia da empresa para alavancar a venda de seus itens mais baratos

A marca suíça viu a venda de seus relógios de luxo deslancharem - mas o mesmo não aconteceu com os itens mais baratos
29 de Março, 2022 | 08:15 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — De Melbourne a Hong Kong e Amsterdã, milhares de pessoas formaram filas gigantescas no último sábado (25) em lojas da Swatch pelo mundo. O motivo? A versão mais barata do relógio Omega Speedmaster, vendido por cerca de US$ 260 - os preços originais do Omega Speedmaster Professional começam em cerca de US$ 6.769,4.

O relógio faz parte de uma nova coleção das suíças Omega e a Swatch, fruto de uma parceria anunciada na última semana entre as duas marcas. Chamados de MoonSwatch, os relógios lembram o icônico Speedmaster Professional, conhecido como ‘Moon Watch’, usado por astronautas americanos.

De acordo com os fabricantes, em vez de caixas de metal e movimentos mecânicos, estes modelos mais em conta são feitos de cerâmica e plástico com um movimento de quartzo alimentado por bateria.

O lançamento faz parte de uma estratégia do Swatch Group que busca atrair um novo público a seus relógios, misturando um pouco de luxo a um preço mais acessível. Com a estratégia, a empresa espera reverter a tendência vista durante a pandemia, de queda nas vendas de seus relógios abaixo de 500 francos (o equivalente a pouco mais de US$ 534 dólares), enquanto os itens de luxo recuperaram acentuadamente o fôlego das vendas.

PUBLICIDADE

Filas para comprar

Na unidade da loja em Genebra, na Suíça, as filas gigantescas começaram a se formar nas primeiras horas da manhã. Por volta do meio-dia, depois do anúncio de que o estoque não seria suficiente para atender à grande demanda daquele dia, houve confusão e a polícia chegou a prender uma pessoa.

Já na unidade da loja da marca no centro de Londres, as portas tiveram que ser fechadas antes da hora em meio à multidão caótica que tentou entrar na loja a todo custo, de acordo com informações da Press Association.

Apesar de todo o fervor pelo relógio, a Swatch confirma que os itens desta coleção não são edições limitadas e vão continuar a ser produzidos.

Leia também

PUBLICIDADE

Por que a estatueta de ouro do Oscar custa menos que uma xícara de café?

Tapa do Will Smith: Oscar teve 15 milhões de espectadores em 2022

Melina  Flynn

Melina Flynn

Melina Flynn é jornalista naturalizada brasileira, estudou Artes Cênicas e Comunicação Social, e passou por veículos como G1, RBS TV e TC, plataforma de inteligência de mercado, onde se especializou em política e economia, e hoje coordena a operação multimídia da Bloomberg Linea no Brasil.

PUBLICIDADE