PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Internacional

Fim da pandemia? Singapura avança na suspensão de restrições

Uso de máscaras em ambientes abertos será facultativo; cidade-estado quer tratar vírus como endêmico

Cidade-estado está aliviando medidas de restrição para turistas vacinados
Por Philip Heijmans e Dexter Low e Kyunghee Park
24 de Março, 2022 | 12:08 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Singapura vai aliviar significativamente as restrições contra a disseminação de covid-19, encerrando a maioria dos controles para turistas totalmente vacinados e a exigência do uso de máscaras ao ar livre, disse o primeiro-ministro Lee Hsien Loong.

Com a onda mais recente de infecções diminuindo, Lee disse que Singapura dobrará o limite de tamanho de reuniões em grupo para 10 pessoas e permitirá que até 75% dos funcionários em trabalho remoto retornem aos seus locais de trabalho. A cidade-estado facilitará a realização de testes e os requisitos de quarentena para viajantes e suspenderá a proibição da venda de álcool em bares e restaurantes após às 22h30.

PUBLICIDADE

“Antes, estávamos cautelosos por causa da incerteza sobre o impacto da ômicron”, disse Lee em discurso televisionado, acrescentando que as mudanças entrarão em vigor em 29 de março. “Levando tudo isso em consideração, acreditamos que estamos prontos para tomar um passo decisivo para conviver com a covid-19.

A medida será um alento necessário às empresas, principalmente às do setor de turismo, enquanto as mudanças domésticas e fronteiriças se tornam um grande passo para a convivência com o vírus. “Mas ainda não é uma abertura completa”, disse ele sobre as medidas. “Continuamos atentos porque a covid-19 ainda pode trazer mais surpresas.”

Singapura se junta a outros países do Sudeste Asiático, incluindo Malásia, Tailândia e Vietnã, que estão tomando medidas para permitir que turistas vacinados entrem livremente, substituindo a quarentena obrigatória por testes de detecção de covid-19. Autoridades de alto escalão disseram que Singapura está tentando restaurar o volume de passageiros no aeroporto de Changi para pelo menos 50% dos níveis pré-pandemia até o final deste ano, em comparação com 18,2% na semana passada.

PUBLICIDADE

Com uma taxa de vacinação de 95% entre a população elegível, Singapura está prosseguindo com seus planos de tratar o vírus como endêmico, comprometendo-se no início deste mês a relaxar em etapas as restrições que estão em vigor desde o início da pandemia.

A reabertura no Sudeste Asiático tem sido mais lenta do que em outras partes do mundo, como Europa e Estados Unidos, onde o uso de máscaras faciais e o distanciamento social foram encerrados após quase dois anos.

“Usar máscara ao ar livre agora será opcional”, disse o primeiro-ministro Lee. “Isso ocorre porque o risco de transmissão externa é significativamente menor. Mas em ambientes fechados, as máscaras ainda serão obrigatórias”.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também