PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Linha Executiva

Guide Investimentos contrata ex-Bradesco e HSBC como novo CTO

Tiago Siqueiros vai comandar o time responsável por todos os ambientes digitais da plataforma, inclusive as operações ligadas ao open finance

Tiago Siqueiros é o novo CTO da Guide Investimentos
23 de Março, 2022 | 04:34 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — A Guide Investimentos, corretora com R$ 24 bilhões de ativos sob gestão, contratou um ex-executivo do Bradesco como novo líder da área de tecnologia.

Tiago Siqueiros vai comandar o time responsável por todos os ambientes digitais da plataforma, inclusive as operações ligadas ao open finance. Formado em engenharia da computação pela FIAP, o executivo tem passagens por Bradesco, HSBC e Itaú BBA.

PUBLICIDADE

Siqueiros, que trabalhou no Itaú BBA por mais de nove anos antes de sair em 2010, ficou cinco anos no Bradesco como superintendente de produtos digitais, depois de deixar, em 2016, o HSBC.

Ele vem agora de uma passagem de dois anos pela Ágora Investimentos, onde gerenciava a área de soluções de trading.

A Guide Investimentos, onde Siqueiros atuará como CTO, é uma das maiores corretoras do mercado brasileiro, com cerca de 90 mil clientes, segundo a própria plataforma.

PUBLICIDADE

“O mundo digital é cada dia mais importante e estratégico. Está tudo lá, as informações que ajudam na tomada de decisões, os aplicativos que dão autonomia aos investidores”, escreve o executivo, em nota.

“Meu desafio na Guide é manter o olhar atento a alianças estratégicas e deixar a experiência dos clientes ainda melhor - mais completa, amigável, ágil - e, acima de tudo, segura, tanto do ponto-de-vista de transação quanto de dados.”

Leia também

Bolsas dos EUA sofrem debandada de investidor pessoa física

Guerra muda cara do comércio global de commodities agrícolas

Ana Siedschlag

Ana Carolina Siedschlag

Editora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero e especializada em finanças e investimentos. Passou pelas redações da Forbes Brasil, Bloomberg Brasil e Investing.com.

PUBLICIDADE