Brasil

O que o Brasil vende para a Ucrânia?

No ano passado, o país do leste europeu importou US$ 226,8 milhões em produtos brasileiros. Confira a lista dos principais itens comercializados

Quais setores podem ser mais afetados pelo conflito no leste europeu
24 de Fevereiro, 2022 | 06:46 pm
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg Línea — Em meio ao conflito entre Rússia e Ucrânia, algumas empresas do Brasil começam a olhar com preocupação para os efeitos práticos que a disputa pode ter sobre os negócios.

No ano passado, os ucranianos importaram US$ 226,83 milhões em produtos nacionais. No sentido oposto, a Ucrânia exportou para o Brasil US$ 211,42 milhões, o que gerou um superávit de US$ 15,41 milhões favorável ao lado brasileiro.

Na lista dos principais itens, aparecem produtos relacionados ao agronegócio, minérios e alguns industrializados, como café solúvel e pulverizadores agrícolas. No topo da lista aparece o amendoim. O Brasil exportou para a Ucrânia pouco mais de 22 toneladas de amendoim descascado no ano passado, o equivalente a US$ 29,2 milhões. As vendas de amendoim representaram 13% de toda a receita obtida pelo Brasil nas exportações para a Ucrânia.

Confira abaixo a lista dos principais produtos que o Brasil exportou para a Ucrânia no ano passado e que podem sentir algum tipo de efeito dependendo dos rumos que o conflito seguir.

Leia também

Alexandre Inacio

Alexandre Inacio

Jornalista brasileiro, com mais de 20 anos de carreira, editor da Bloomberg Línea. Com passagens pela Gazeta Mercantil, Broadcast (Agência Estado) e Valor Econômico, também atuou como chefe de comunicação de multinacionais, órgãos públicos e como consultor de inteligência de mercado de commodities.