Internacional

Tempestade Eunice: Londres emitiu alerta vermelho por ventos fortes

Previsão era de ventos de até 129 km/h, o que causou cancelamentos de voos e quedas de energia pela região

Tempestade afetou partes da Europa continental, como a Holanda
Por William Mathis e Siddharth Philip
18 de Fevereiro, 2022 | 02:37 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — O serviço meteorológico nacional do Reino Unido emitiu um segundo alerta vermelho para a tempestade Eunice, pois ventos fortes ameaçam danificar casas e derrubar linhas de energia em Londres e em outras partes do sudeste da Inglaterra.

O alerta vermelho do Met Office ficou em vigor das 10h às 15h, no horário local (6h às 12h no horário de Brasília), com ventos de até 129 km/h, possivelmente causando atrasos no transporte e quedas de energia. Um alerta vermelho havia sido emitido para partes do sudoeste da Inglaterra e sul do País de Gales e ficou em vigor até às 12h, horário local (8h, no horário de Brasília), ao passo que a tempestade também afeta partes da Europa continental, incluindo a Holanda.

Operadoras de rede relataram que mais de 250 mil casas ficaram sem energia. A tempestade também afetou a chegada de voos e trens à capital do país. Os fortes vendavais devem ficar mais comuns no norte da Europa com o aumento das temperaturas, segundo o Painel Intergovernamental das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas.

“As mudanças climáticas em nível global estão associadas a mais eventos climáticos extremos”, disse o ministro da Segurança, Damian Hinds, à emissora Sky News.

PUBLICIDADE

O comitê de emergência do governo do Reino Unido, conhecido como Cobra, anunciou que realizaria uma reunião nesta sexta (18) para discutir a resposta à tempestade.

IMPORTANTE: alerta vermelho emitido para Londres. A #TempestadeEunice trará ventos fortes que trazem risco de vida hoje. Fique em casa, não corra riscos e não viaje a menos que seja absolutamente essencial.

Os cancelamentos de voos logo se acumularam. O Aeroporto London City, favorito para viagens de negócios por estar próximo dos distritos centrais, registrou 64 voos cancelados. Heathrow, o maior aeroporto de Londres, registrava 66 cancelamentos no início da manhã, segundo o site de rastreamento de voos FlightAware.com.

A Tempestade Eunice afetou toda a Europa: o aeroporto Amsterdam Schiphol, na Holanda, teve 276 cancelamentos, mais do que qualquer outro aeroporto – o equivalente a 19% dos voos que chegaram e partiram.

PUBLICIDADE

As viagens de trem provavelmente também serão afetadas – a agência National Rail alertou que a tempestade impactaria severamente as viagens. Os serviços entre as estações St. Pancras e Bedford, em Londres, ficaram interrompidos devido a danos nos fios elétricos aéreos ao norte da capital, de acordo com o órgão.

Ondas impressionantes na cidade de Porthcawl esta manhã. Acompanhe ao vivo as informações sobre a Tempestade Eunice em [link]

A tempestade está trazendo algum alívio para o mercado de eletricidade, já que os fortes ventos da tempestade alimentarão as turbinas eólicas do país. Quando a tempestade passar, o Reino Unido poderá registrar uma produção recorde de energia eólica no domingo (20).

No entanto, as fortes rajadas podem causar interrupção no funcionamento de alguns parques eólicos, pois muitas turbinas desligam quando a velocidade do vento ultrapassa os 90 km/h para proteger o maquinário.

Há um alerta amarelo menos severo em vigor para todo o sul da Inglaterra e partes da região central até as 21h desta sexta-feira (17h, no horário de Brasília). Mais ao norte, na Escócia, a previsão é de que a neve cause transtornos.

--Com a colaboração de Leonard Kehnscherper, Sara Marley, Charles Capel, Todd Gillespie, Elena Mazneva e Jessica Shankleman.

PUBLICIDADE

--Este texto foi traduzido por Bianca Carlos, localization specialist da Bloomberg Línea.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE