PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Gestora Ace Capital reduz aposta no real e fica vendida em bolsa

Segundo carta aos clientes, a gestora acredita que a moeda brasileira “já não exibe a mesma assimetria de preço” do começo do ano

Fundo tende a aumentar posição a comprada no real caso o dólar ultrapasse os R$ 5,50 novamente
Por Vinícius Andrade
04 de Fevereiro, 2022 | 05:46 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O fundo Ace Capital Master reduziu as posições otimistas no real, de acordo com a gestora de recursos Ace Capital, que tem cerca de R$ 3,2 bilhões sob gestão.

PUBLICIDADE

Segundo carta aos clientes, a moeda brasileira deve seguir com bom desempenho em relação aos outros ativos domésticos, mas “já não exibe a mesma assimetria de preço” do começo do ano.

Há pouco potencial de alta para o real com o câmbio abaixo de R$ 5,30, mas o fundo tende a aumentar posição a comprada no real caso o dólar ultrapasse os R$ 5,50 novamente, disse Fabricio Taschetto, diretor de investimentos da Ace Capital, em entrevista.

PUBLICIDADE

Veja mais: Apostas em emergentes dependem de achatamento de curva nos EUA

Bolsa

O fundo passou a ter posição “levemente vendida” em bolsa local ao longo de janeiro. Para a gestora, o índice Ibovespa (IBOV) oferece baixa taxa de crescimento de lucro por ação para os próximos dois anos diante de expectativa de normalização do ciclo de commodities e de crescimento econômico fraco.

Veja mais: Bolsa e real devem avançar mais com fluxo estrangeiro, diz Citi

“Alta recente ocorreu principalmente por questões técnicas, se descolando dos fundamentos”, em meio à forte rotação de carteira de investidores globais, segundo a Ace.

A correção das bolsas americanas foi uma oportunidade para gestora aumentar sua posição no Nasdaq e em algumas empresas de tecnologia.

Veja mais em bloomberg.com