PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Petróleo se aproxima de US$ 88 com riscos geopolíticos em foco

Tensões no mercado de energia sobem à medida que a Rússia acumula tropas perto da Ucrânia e ameaça invadir o país

O WTI para entrega em março avançava 0,3%, para US$ 85,35 por barril
Por Elizabeth Low e Alex Longley
24 de Janeiro, 2022 | 08:11 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Os preços do petróleo em Londres foram negociados perto de US$ 88 o barril, com o aumento dos riscos geopolíticos competindo com os mercados de ações amplamente mais fracos.

O petróleo Brent de referência internacional subia 0,3% neste início de manhã, após uma alta de 1,2%. Enquanto isso, as ações na Europa caíam em meio a preocupações com a iminente alta da taxa do Federal Reserve dos EUA, mas o petróleo continua sendo negociado perto de seu nível mais alto desde 2014.

PUBLICIDADE

O rali do petróleo foi impulsionado por uma combinação de demanda robusta mesmo diante da variante ômicron, enquanto a oferta interrompida em países como a Líbia apertou o mercado. Isso agora está sendo agravado pelo aumento do risco político à medida que a Rússia acumula tropas perto da Ucrânia e os Emirados Árabes Unidos são atacados pelos rebeldes houthis do Iêmen.

“Dado o cenário geopolítico no fim de semana com as tensões Rússia-Ucrânia e os Emirados Árabes Unidos destruindo mísseis balísticos sobre Abu Dhabi, o risco geopolítico no mercado de petróleo continua aumentando”, disse Keshav Lohiya, fundador da Olytics.

Preços do petróleo

  • O Brent para liquidação de março subia 0,3%, para US$ 88,18 o barril às 7h06, horário de Brasília
  • O WTI para entrega em março avançava 0,3%, para US$ 85,35 por barril

Apesar da força do petróleo, há alguns sinais de que o rali recente pode estar crescendo cada vez mais esticado. Os gestores de dinheiro mantêm mais de 12 apostas de alta para cada uma de baixa no WTI, a maior desde novembro. O petróleo bruto também esteve recentemente em uma corrida de sobrecompra técnica.

PUBLICIDADE

Mais notícias sobre o petróleo

  • O Irã disse que um retorno ao acordo nuclear está mais próximo do que nunca, embora o progresso seja lento. Os EUA disseram que uma retomada do acordo é improvável se Teerã não libertar quatro americanos que Washington diz estarem sendo mantidos como reféns.
  • O Iraque disse que as exportações de petróleo permanecerão estáveis este mês e aumentarão ligeiramente em fevereiro.
  • A gigante nova refinaria de petróleo Dangote da Nigéria começará a processar petróleo no terceiro trimestre deste ano. O país estabeleceu o preço oficial de venda do petróleo Qua Iboe em fevereiro em US$ 1,06 o barril a mais do que o Brent.
  • O ministro da Energia do México, Rocio Nahle, foi ao Twitter no sábado, respondendo a relatos da mídia de que o projeto da refinaria Dos Bocas estava acima do orçamento e não será concluído a tempo.

Leia também

Estes foram os principais fundos de hedge do mundo em 2021

Como o império de cruzeiros de um bilionário implodiu em Hong Kong

PUBLICIDADE