PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Ásia tenta sustentar ganhos e futuros de NY iniciam dia estáveis

Ações têm alta na Austrália e Coreia do Sul, mas caem no Japão após novos dados de inflação pressionarem por alta de juros em março

Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — Os mercados de ações da Ásia abriram mistos nesta quinta-feira após novos dados de inflação dos EUA intensificar a pressão por aumento nas taxas de juros já em março.

As ações têm alta na Austrália e na Coreia do Sul, mas caem no Japão. Os futuros dos EUA operavam estáveis após o S&P 500 (SPX) e o Nasdaq 100 (SDX) terminarem em alta na quarta-feira.

PUBLICIDADE

Um indicador de câmbio do dólar segue estável. Ele teve sua pior sessão desde maio em meio a uma reação suave nos rendimentos dos títulos do Tesouro e muito das expectativas de aumentos de taxas foram precificadas. O índice de preços ao consumidor dos EUA subiu no ritmo mais rápido desde 1982, em linha com as previsões.

Os rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA já subiram este ano com apostas crescentes de pelo menos três aumentos de juros pelo Federal Reserve em 2022 e após um leilão fraco de notas de 10 anos (GT10). Os traders mantiveram suas apostas para um aumento de taxa em março.

A leitura da inflação nos EUA veio depois que o presidente do Fed, Jerome Powell, prometeu conter as piores pressões de preços em quatro décadas sem atrapalhar a recuperação econômica da pandemia.

PUBLICIDADE

O presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, disse ao Wall Street Journal que quatro aumentos nas taxas podem ser garantidos este ano em meio à alta da inflação. Separadamente, a presidente do Fed de Cleveland, Loretta Mester, e o líder do Fed de Atlanta, Raphael Bostic, sinalizaram apoio a um aumento de taxas já em março.

“A inflação estará conosco mesmo se eles aumentarem as taxas e os desafios da economia vão se basear nisso”, disse Shana Sissel, estrategista-chefe de mercado da Strategic Wealth Partners, à Bloomberg Television. “Estou preocupado que haja um pouco de volatilidade no mercado e nossa economia vai desacelerar consideravelmente.”

A economia dos EUA cresceu em um ritmo modesto nas últimas semanas do ano passado, mas as expectativas de crescimento das empresas esfriaram em alguns lugares, disse o Fed em seu Livro Bege.

PUBLICIDADE

Em outros mercados, o petróleo adiantou-se em sinais de oferta mais apertada. O Bitcoin avançou perto de US$ 44 mil já que os números da inflação reacenderam o debate sobre se a criptomoeda é uma proteção contra o aumento dos preços ao consumidor.

Rebecca Patterson, da Bridgewater Associates, diz que o aumento da inflação “definitivamente não foi” totalmente precificado nos mercados e discute onde ela está encontrando oportunidades de investimento global.

Aqui estão alguns eventos importantes desta semana:

PUBLICIDADE

Aqui estão alguns eventos importantes desta semana:

  • Pedidos iniciais de seguro-desemprego nos EUA e PPI, na quinta-feira;
  • Audiência do Comitê Bancário do Senado dos EUA para Lael Brainard, nomeada vice-presidente do Fed na quinta-feira;
  • O presidente do Fed de Richmond, Thomas Barkin, o presidente do Fed da Filadélfia, Patrick Harker;
  • O presidente do Fed de Chicago, Charles Evans, fala na quinta-feira;
  • Decisão de política monetária e briefing do Banco da Coreia, na sexta-feira;
  • Wells Fargo, Citigroup, JPMorgan devem reportar resultados, na sexta-feira;
  • Estoques dos EUA, produção industrial, sentimento do consumidor da Universidade de Michigan, vendas no varejo, na sexta-feira;
  • O presidente do Fed de Nova York, John Williams, fala sexta-feira.

Alguns dos principais movimentos nos mercados:

Ações

  • Os futuros de S&P 500 (ESH2) subiam 0,04% pouco antes das 10h em Tóquio (22h em Brasília). Na quarta, o S&P 500 (SPX) subiu 0,3%;
  • Os futuros do Nasdaq 100 (NQH2) tinham alta de 0,03%. Na quarta, o Nasdaq 100 (SDX) subiu 0,4%;
  • O Índice Topix (TOPIX), de Tóquio, caia 0,4%;
  • O S&P/ASX 200 da Austrália (AS51) tinha alta de 0,5%;
  • Índice Kospi (KOSPI), de Seul, subia 0,2%;
  • Os futuros do índice Hang Seng (HSI), de Hong Kong, tinham alta de 0,7%;

Moedas

  • O iene japonês (JPY) estava em 114,68 por dólar;
  • O yuan offshore (CNH) estava em 6,3634 por dólar;
  • O Bloomberg Dollar Spot Index (DXY) subia 0,1%;
  • O euro (EUR) estava em US$ 1,1441;

Renda fixa

  • O rendimento dos títulos do Tesouro de 10 anos (GT10) estava em 1,74%;

Commodities

  • O petróleo bruto West Texas Intermediate (WTI) era negociado a US$ 82,75 o barril;
  • O ouro (XAU) estava em US$ 1.825,55 a onça.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE