PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Fed sinaliza alta de juro mais cedo e de forma mais rápida

Membros do comitê de política monetária citam perspectivas para economia, mercado de trabalho e inflação

Novo cronograma coloca o banco central no caminho certo para concluir as compras de títulos em março
Por Matthew Boesler
05 de Janeiro, 2022 | 04:17 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Autoridades do Federal Reserve disseram que o fortalecimento da economia e o aumento da inflação podem levar a aumentos mais cedo e mais rápidos das taxas de juros do que o esperado, com alguns itens também favorecendo o início da redução do balanço patrimonial logo depois.

“Os membros em geral observaram que, dadas suas perspectivas individuais para a economia, o mercado de trabalho e a inflação, pode ser necessário aumentar a taxa de fundos federais mais cedo ou em um ritmo mais rápido do que os participantes haviam antecipado”, de acordo com a ata da última reunião do comitê de política monetária do Fed, o Fomc, dos dias 14 e 15 de dezembro, publicada hoje (5).

“Alguns participantes também observaram que poderia ser apropriado começar a reduzir o tamanho do balanço patrimonial do Federal Reserve relativamente logo após começar a aumentar a taxa fed funds”, disse a ata.

Veja mais: Ata do Fed pode sinalizar 1º aumento do juro básico nos EUA

PUBLICIDADE

Na conclusão da reunião de dezembro, o FOMC anunciou que encerraria o programa de compra de títulos do Fed em um ritmo mais rápido do que inicialmente delineado na reunião anterior no início de novembro, citando riscos crescentes de inflação. O novo cronograma coloca o banco central no caminho certo para concluir as compras em março.

As autoridades do Fed também foram unânimes em esperar que precisariam começar a aumentar as taxas este ano, de acordo com projeções anônimas publicadas após a reunião. Isso marcou uma mudança em relação à rodada anterior de previsões em setembro, que mostrava que o FOMC na época estava igualmente dividido sobre a questão.

Veja mais em Bloomberg.com