Brasil

Economistas iniciam ano com revisão para baixo do PIB de 2022

Os analistas, no entanto, mantiveram a previsão de IPCA em 5,03% neste ano - acima do centro da meta de 3,5%.

Economistas iniciam ano com revisão para baixo do PIB de 2022
03 de Janeiro, 2022 | 09:26 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Na primeira pesquisa Focus do Banco Central do ano, os economistas participantes reduziram as previsões para o desempenho da atividade econômica neste ano. A expectativa da mediana das previsões de cerca de 100 economistas é que o PIB brasileiro cresça apenas 0,36% em 2022 - na semana passada, a previsão era de expansão de 0,42%.

Os economistas, no entanto, mantiveram a previsão de IPCA em 5,03% neste ano - acima do centro da meta de 3,5%. Por outro lado, elevaram as previsões para 2023 de 3,38% para 3,41%.

Para o dólar, a expectativa é que a moeda fique na faixa de R$ 5,60, a mesma da semana passada. A moeda americana terminou 2021 em R$ 5,58.

Para a Selic, os economistas acreditam que taxa básica de referência brasileira termine 2022 em 11,5% - mesmo patamar da semana anterior. No mercado de juros, os contratos para janeiro de 2023 terminaram o ano passado negociados pouco acima, na casa de 11,8%.

PUBLICIDADE

A pesquisa mostra ainda uma piora na conta corrente, que passa de deficit de US$ 21,25 bilhões para déficit de US$ 21,59 bilhões neste ano. O superávit da balança comercial foi mantido em US$ 55 bilhões para o ano.

Em relação a 2021, os economistas veem o IPCA terminando em 10,01% (era 10,02% na semana anterior) e o PIB com expansão de 4,5% (4,51% na semana passada).

Leia também

Toni Sciarretta

Toni Sciarretta

News director da Bloomberg Línea no Brasil. Jornalista com mais de 20 anos de experiência na cobertura diária de finanças, mercados e empresas abertas. Trabalhou no Valor Econômico e na Folha de S.Paulo. Foi bolsista do programa de jornalismo da Universidade de Michigan.

PUBLICIDADE