PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Brasil

Os estados com mais mães sem condição de presentear filhos no Natal

Estudo aponta que 30% das mães brasileiras não poderão presentear os filhos este ano; estados do Nordeste lideram o ranking

Tempo de leitura: 1 minuto

São Paulo — No Brasil de 2021, 30% das mães não poderão presentear seus filhos neste Natal, enquanto 48% não vão conseguir entregar o que a criança pediu. É o que aponta uma pesquisa realizada pelo portal especializado Trocando Fraldas, que elaborou um ranking dos estados para medir a intenção materna de cumprir a tradição do Papai Noel de entregar presentes na data comemorativa.

Dos 10 estados com os menores percentuais de disposição para compra de presentes, 7 são da região Nordeste. Sergipe e Paraíba lideram, com mais mães dizendo que não vão conseguir comprar produtos no Natal.

PUBLICIDADE

O estudo foi feito com mais de 5.000 brasileiras entre 11 e 19 de outubro, segundo o Trocando Fraldas.

Veja mais: Receita de estagflação substitui carne por cabeça de peixe no país

Os pedidos nas tradicionais cartinhas que as crianças escrevem também devem ser desconsiderados. “Conforme também constatamos no estudo, 48% das brasileiras não poderão dar o presente que seu/sua filho(a) pediu. Principalmente as mulheres dos 40 aos 49 anos, com 65% das entrevistadas”, cita o Trocando Fraldas.

PUBLICIDADE

Entre as mulheres dos 18 aos 24 anos, pelo menos 56% delas poderão presentear o/a filho(a) com o presente desejado, segundo o estudo. Os dados por estado demonstram que Roraima é o estado que mais mulheres presentearão as crianças, com 87% das participantes. Em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, 81% das mães conseguirão dar presentes aos filhos. No Rio de Janeiro, 77%, e em São Paulo, 71%.

Índice de brasileiras que presentearão seus filhos no Natal, por estado

  • Sergipe: 55%
  • Paraíba: 56%
  • Alagoas: 56%
  • Mato Grosso do Sul: 58%
  • Pernambuco: 61%
  • Bahia: 64%
  • Rio Grande do Norte: 64%
  • Ceará: 66%
  • Amapá: 67%
  • Espírito Santo: 68%
  • Minas Gerais: 69%
  • Distrito Federal: 70%
  • São Paulo: 71%
  • Acre: 73%
  • Tocantins: 73%
  • Piauí: 74%
  • Amazonas: 74%
  • Pará: 75%
  • Maranhão: 75%
  • Paraná: 76%
  • Rio de Janeiro: 77%
  • Rio Grande do Sul: 81%
  • Santa Catarina: 81%
  • Mato Grosso: 81%
  • Goiás: 83%
  • Rondônia: 84%
  • Roraima: 87%

Leia também

Sérgio Ripardo

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.

PUBLICIDADE