PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Negócios

Musk afirma ter vendido 10% de sua participação em ações

Fundos da venda serão alocados à quitação de uma dívida tributária

Elon Musk
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Elon Musk vendeu ações suficientes para atingir a meta de reduzir em 10% sua participação na Tesla, afirmou CEO da líder em carros elétricos em entrevista.

“Eu vendi aproximadamente 10% da minha participação em ações da Tesla”, disse ao site satírico Babylon Bee.

PUBLICIDADE

Musk andou vendendo ações da Tesla desde que perguntou a seus seguidores no Twitter em novembro se deveria vender parte de sua participação. A mudança faz parte de um plano para levantar fundos para cobrir uma conta tributária estimada em mais de US$ 10 bilhões sobre opções de compra de ações que Musk deverá exercer.

No final do domingo, ele disse em um tweet que pagaria mais de US$ 11 bilhões em impostos este ano, rebatendo críticas de vários legisladores, como a senadora Elizabeth Warren, que chamou Musk de “sanguessuga” nas redes sociais. Warren e outros importantes democratas alegam que bilionários como Musk estão evadindo impostos.

“Não tenho contas off-shore, nem em paraísos fiscais”, disse Musk, acrescentando que ele mesmo poderia declarar seus impostos em apenas algumas horas. “Tudo é muito transparente”.

PUBLICIDADE

Os últimos documentos regulatórios mostram que Musk vendeu ainda mais ações da Tesla por US$ 528 milhões, elevando o total para cerca de 13,5 milhões de ações por cerca de US$ 14,1 bilhões. Seus comentários para o Babylon Bee sugerem que, desde então, ele alienou ainda mais ações.

A Tesla caiu cerca de um quarto desde o pico de 4 de novembro, pouco antes da pesquisa de Musk no Twitter, à qual a maioria dos entrevistados respondeu “sim”.

Musk, de 50 anos, é a pessoa mais rica do mundo, liderando o Índice Bloomberg Billionaires com fortuna de US$ 244,9 bilhões.

PUBLICIDADE

“Não tenho certeza se é tão produtivo ou interessante” focar em riqueza, disse Musk. “Essencialmente, todo o meu patrimônio líquido está apenas em ações da SpaceX e da Tesla – duas empresas que ajudei a criar e administro há quase 20 anos e que fizeram muitas coisas úteis”.

--Com assistência de Stefan Nicola.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também: SpaceX, de Elon Musk, tem surto de covid com 132 infectados

PUBLICIDADE