Negócios

Veja as mulheres brasileiras na lista dos 100 Empreendedores de 2021

Seleção da Bloomberg Línea divulgada hoje (14) reúne 22 representantes femininas, sendo 10 brasileiras

Maitê Lourenço, Karine Oliveira e Anna Saicali fazem parte da lista
14 de Dezembro, 2021 | 11:02 am
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg Línea — A Bloomberg Línea lançou nesta terça-feira (14) a lista de 100 Empreendedores de 2021, com os principais destaques do cenário da América Latina.

Como reflexo da sociedade, as mulheres ainda são minoria nas liderança de grandes empreendimentos na América Latina. Entre as 22 representantes do gênero na publicação há desde líderes femininas que buscam alcanças a igualdade no mundo corporativo até outras que promovem a presença feminina em grandes empresas e que marcam presença em posições ainda dominada por homens.

São dez as brasileiras que formam o grupo. Maitê Lourenço está entre elas: fundadora da BlackRocks Startups, ela incentiva empreendedores negros a acessarem o ecossistema de inovação, tecnologia e startups. Em agosto de 2020, a companhia de Maitê fechou uma parceria com o banco BTG Pactual para receber investimento financeiro, conhecimento e networking.

Veja aqui a lista dos 100 Empreendedores de 2021

A baiana Karine Oliveira também faz parte da seleção. Ela é fundadora da Wakanda Educação, uma organização que se compromete em traduzir materiais para quem empreende por necessidade. A empresa tem como objetivo tornar conteúdos de negócios mais acessíveis e auxiliar iniciativas de empreendedorismo para a comunidade LGBTQIA+ e, principalmente, mulheres negras.

PUBLICIDADE

Anna Saicali é CEO da IF - Inovação e Futuro, plataforma de inovação da Americanas S.A., e fundadora e CEO da fintech da companhia, a Ame Digital. Na companhia há 24 anos, já foi fundadora, CEO e depois presidente do Conselho de Administração da B2W Digital. Atualmente, participa de iniciativas ESG da companhia, além de membro do Conselho Consultivo da UNICEF e uma das lideranças da Americanas S.A. à frente do Movimento pela Equidade Racial.

Já representando o setor de finanças entre a composição feminina, Sara Delfim é sócia e gestora da Dahlia Capital, com mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro. Ainda uma das poucas representantes mulheres à frente de gestoras, ela defende que as mulheres devem participar mais do mercado e estimula a tomada de riscos pelo público feminino. Ana Tena acompanha a sequência. Com passagens por corporações de grandes nomes, como Credicard e Citi, ela hoje é CEO do Travelex Bank, intitulado primeiro banco exclusivo para operações de câmbio regulamentado no Brasil.

Da área de saúde, Manoela Mitchell é cofundadora e CEO da Pipo Saúde, plataforma que se apresenta como nova corretora de benefícios de saúde, e que tem como objetivo otimizar a relação de empresas com benefícios de saúde de seus funcionários. Ainda sobre inovação, vem Mariana Ramos Dias: cofundadora e CEO da Gupy, uma startup fundada por profissionais de RH e de Tecnologia com o objetivo de transformar a maneira como são feitos processos seletivos de empresas.

Já Monique Evelle é jornalista, fundadora da plataforma de formação de empreendedores Inventivos e do Desabafo Social, laboratório de tecnologias sociais aplicadas à educação, comunicação e geração de renda em Salvador (BA). Desde janeiro de 2021, Monique se tornou parceira do Nubank para coordenar o NuLab, hub de tecnologia e experiência do cliente em Salvador.

PUBLICIDADE

A lista traz ainda Gisele Paula cofundadora do Reclame Aqui e criadora do Instituto Cliente Feliz, empresa de consultoria para empresas de customer intelligence.

Marina Ruy Barbosa fecha a seleção feminina. Mais conhecida por sua carreira de atriz, a artista lançou a marca Shop Ginger, sua companhia de moda, aos 26 anos. Em seis meses, a empresa registrou um crescimento no faturamento de 1010% em relação ao primeiro mês. Em novembro de 2020, Marina também passou a ser diretora de moda da ZZ MALL, marketplace da Arezzo&Co.

Veja mais:

Kariny Leal

Kariny Leal

Jornalista carioca, formada pela UFRJ, especializada em cobertura econômica e em tempo real, com passagens pela Bloomberg News e Forbes Brasil. Kariny cobre o mercado financeiro e a economia brasileira para a Bloomberg Línea.

PUBLICIDADE