Brasil

Geradora de energia suspende operação após inundação na Bahia

Renova Energia, controlada pela Cemig, diz que elevação de rio provoca interrupção da produção de energia elétrica

Diversas cidades da Bahia foram atingidas pelas chuvas fortes no estado, desde o fim de novembro
14 de Dezembro, 2021 | 02:36 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

A casa de força de uma PCH (pequena central hidrelétrica) da Renova Energia na Bahia foi inundada devido à elevação de um rio, provocando a interrupção da produção de energia elétrica, informou, nesta terça-feira (14), a geradora, que está em processo de recuperação judicial.

Veja mais: Mubadala Capital assume refinaria da Petrobras na Bahia

“As fortes chuvas verificadas na região dos municípios de Vereda e Jacuruçu, Estado da Bahia, nos últimos dias 9 e 10, elevaram sobremaneira os níveis do Rio Colino, resultando na inundação da Casas de Força da PCH Colino 1 e, consequentemente, na interrupção da produção de energia elétrica”, detalhou, em comunicado.

Segundo a Renova, que é controlada pela estatal mineira Cemig, os procedimentos de drenagem da casa de força e planejamento das atividades necessárias ao restabelecimento das unidades geradoras já foram iniciados.

PUBLICIDADE

“As avaliações conduzidas até o momento na PCH Colino 1 não indicam qualquer impacto que ameace a segurança do empreendimento ou ao meio ambiente”, disse a companhia, acrescentando que o incidente não resulta em qualquer impacto à capacidade de pagamento tempestivo das obrigações dos planos de recuperação judicial da companhia e suas subsidiárias”.

Onze pessoas morreram, e 267 ficaram feridas na Bahia em decorrência dos temporais, segundo o portal G1, citando dados da Defesa Civil do estado. Há ainda 6.371 pessoas desabrigadas, outras 15.199 desalojadas por causa dos estragos causados pelos temporais no estado. No total, 220.297 pessoas foram atingidas pela chuva e 51 localidades decretaram situação de emergência.

O Ministério do Desenvolvimento Regional informa que o governo federal já liberou R$ 8,5 milhões aos municípios do sul da Bahia atingidos pelas chuvas. As portarias autorizando a liberação foram publicadas, ontem, no Diário Oficial da União.

Leia também

Bloomberg Línea lança lista dos 100 Empreendedores de 2021

Sérgio Ripardo

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.

PUBLICIDADE