PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Nubank confirma redução de até 20% no valor de ações em IPO

Com a redução no preço, o Nubank deve chegar a mercado avaliado na casa de US$ 40 bilhões

Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg Línea — O Nubank decidiu reduzir a faixa indicativa de preço de ações em sua oferta inicial de ações (IPO), prevista para acontecer na próxima semana nos EUA. A Nu Holdings, controladora do banco digital, informou que a nova estimativa de preço para os papéis ordinários classe A é de US$ 8 a US$ 9. Até então, o valor variava entre US$ 10 e US$ 11.

Com a redução no preço das ações, o Nubank deve chegar a mercado avaliado na casa de US$ 40 bilhões, a depender da demanda e do valor fixado pelas ações. A operação deve movimentar menos de US$ 2,4 bilhões.

PUBLICIDADE

A mudança de planos, adiantada nesta segunda feira pela Bloomberg News, se deve à forte correção no valor das empresas globais de tecnologia, segundo fontes com conhecimento do assunto que pediram para não serem identificadas porque o assunto não é público.

Investidor âncora

Além da redução na faixa de preço, o Nubank informou que a oferta deverá ter a presença de investidores âncora, que podem adquirir pelo menos US$ 1,3 bilhão em ações e ajudar a viabilizar a operação.

Entre esses investidores, estão Sequoia Capital, Tiger Global, SoftBank, Dragoneer, Sands Capital, Invesco, Morgan Stanely e JPMorgan, entre outros.

PUBLICIDADE

O Nubank comunicou ainda que os lotes suplementares de ações que irão para a oferta ao mercado - chamado greenshoe - será apenas de emissão da Nu Holdings e no tamanho de 10%. “Essas ações suplementares, se necessárias ao IPO, serão distribuídas apenas nos Estados Unidos e não na forma de BDRs, no Brasil”, informou o Nubank por meio de post, ressaltando que nenhum investidor ou fundador do banco digital vai vender as ações neste momento.

Veja mais: IPO do Nubank põe à prova euforia com startups da América Latina

Nada muda para o cliente

Em seu blog na internet, o Nubank ressaltou que “nada muda para o cliente” que decidiu investidor na oferta do banco digital. “Nada muda - qualquer reserva de BDRs já feita continua válida. No dia 9 de dezembro, você receberá uma confirmação do Nubank com o total de BDRs que conseguiu comprar”, disse no post, destacando que existe a possibilidade de cancelar o pedido de reserva.

PUBLICIDADE

O Nubank pretendia levantar mais de US$ 3 bilhões com a transação e ser avaliado em até US$ 50,6 bilhões, segundo o prospecto. O Nubank busca listar suas ações ordinárias Classe A nos Estados Unidos e, simultaneamente, BDRs negociados na B3.

Maior banco digital independente do mundo, o Nubank está na linha de frente das novas empresas de tecnologia financeira que estão transformando a América Latina. Morgan Stanley, Goldman Sachs Group e Citigroup Inc. estão entre os bancos responsáveis pela oferta. Espera-se que as ações sejam negociadas sob o símbolo NU, enquanto os BDRs serão negociados sob o ticker NUBR33.

(atualizado às 11h com nomes dos investidores âncoras)

Leia também

Toni Sciarretta

Toni Sciarretta

News director da Bloomberg Línea no Brasil. Jornalista com mais de 20 anos de experiência na cobertura diária de finanças, mercados e empresas abertas. Trabalhou no Valor Econômico e na Folha de S.Paulo. Foi bolsista do programa de jornalismo da Universidade de Michigan.

PUBLICIDADE