Mercados

Em dia de feriado nos EUA, Ibovespa abre em alta com Petrobras

Vencimentos dos DIs e o dólar operam em queda no início dessa sessão, apesar de registro do IPCA-15 acima do esperado

Na primeira hora de pregão, o principal índice da B3 operava em alta, com impulso dos papéis da Petrobras
25 de Novembro, 2021 | 10:53 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — Com os mercados norte-americanos fechados nesta quinta-feira (25) pelo feriado de Ação de Graças, o dia deve ser de baixa liquidez nas demais Bolsas. Na primeira hora de pregão, o principal índice da B3 operava em alta, com impulso dos papéis da Petrobras, que divulgou seu plano de investimentos para 2022 - 2026 ontem (24).

Mais cedo, o IBGE divulgou que a prévia da inflação oficial de novembro, o IPCA-15, registrou a maior alta para o mês desde 2002, com avanço de 1,17%. Ainda assim, os vencimentos dos DIs e o dólar operam em queda no início dessa sessão.

Conforme Étore Sanchez, economista-chefe da Ativa Investimentos, a divulgação desta quinta “não trouxe grandes contribuições” em termos de política monetária. “Seguimos projetando que o BC elevará a Selic em 200 pontos-base.”

  • Perto das 10h40, o Ibovespa subia 0,25%, a 104.772 pontos
    • As ações da Petrobras (PETR3 e PETR4) e Banco do Brasil (BBAS3) ajudavam na alta do índice, enquanto Vale (VALE3) e PetroRio (PRIO3) pesavam no lado oposto
  • O dólar caía 0,34%, a R$ 5,594. O DI com vencimento para janeiro de 2023 recuava de 12,130% para 12,030%, enquanto o para janeiro de 2027 caía de 11,730% para 11,700%
  • Os EUA têm mercados fechados na sessão de hoje

Contexto

O IPCA-15, prévia da inflação oficial, teve alta de 1,17% em novembro, a maior variação para o mês desde 2002, quando o índice foi de 2,08%. Registro veio acima da estimativa Bloomberg, que esperava alta de 1,13%, ante avanço anterior de 1,20%.

PUBLICIDADE

Conforme divulgação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (25), no ano, o indicador acumula alta de 9,57% e, em 12 meses, de 10,73%, acima dos 10,34% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em novembro de 2020, a taxa havia sido de 0,81%.

Com EUA fechados, as bolsas trabalham com ganhos na Europa. Os sinais de que a maior economia do mundo se recupera de maneira sólida empurram as negociações. Também ecoa no mercado a mensagem de que o Federal Reserve (Fed) está pronto para reduzir seu programa de recompra de títulos e que está dando as cartas para combater a inflação galopante.

Kariny Leal

Kariny Leal

Jornalista carioca, formada pela UFRJ, especializada em cobertura econômica e em tempo real, com passagens pela Bloomberg News e Forbes Brasil. Kariny cobre o mercado financeiro e a economia brasileira para a Bloomberg Línea.

PUBLICIDADE