Brasil

Na Black Friday, Marília Mendonça estampa de almofada a moletom para fãs

Marketplaces do varejo oferecem suvernires da “rainha da sofrência”, morta no começo do mês, com descontos declarados de até 15%

No comércio eletrônico brasileiro, marketplaces oferecem suvernires de homenagem à cantora Marília Mendonça, morta no último dia 5, em um fenômeno de consumo conhecido nos EUA como "fannatic consumer"
24 de Novembro, 2021 | 06:16 pm
Tempo de leitura: 3 minutos

São Paulo — Os marketplaces do varejo brasileiro enfrentam na próxima sexta-feira (26) uma maratona de compras promocionais da Black Friday, data importante para o comércio eletrônico neste quarto trimestre. Em meio às listas de descontos, principalmente de eletrônicos e eletrodomésticos, há uma categoria de produtos, de ticket médio e baixo, que atrai a atenção de fãs como suvenires de artistas. Neste ano, há opções de presentes com a imagem da cantora Marília Mendonça, que morreu em um acidente aéreo no último dia 5 em Minas Gerais, causando comoção nacional.

Veja mais: Casas Bahia suspende campanha da Black Friday com Marília Mendonça

Em três sites de e-commerce, há peças como almofadas, canecas, camisetas e moletons em homenagens à artista, vencedora da edição de 2019 do Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Sertaneja pelo disco “Todos os Cantos”. Por trás desse fenômeno, encontra-se a força crescente da música sertaneja na cultura brasileira, que abre oportunidades de negócios e atrai inclusive investidores profissionais.

“Este é atualmente o maior gênero musical do país, que representa mais de 30% do mercado nacional de música desde 2017, segundo o Spotify Charts”, diz o CEO da Hurst Capital, Arthur Farache, que comprou um catálogo de 1.704 músicas compostas por Diego Ferrari e Guilherme Ferraz - entre elas, clássicos da chamada “sofrência sertaneja” como “Ciumeira”, hit de Marília Mendonça. A dupla vendeu parte dos royalties musicais para a Hurst Capital, que está disponibilizado para qualquer investidor que queira receber pagamentos mensais a cada reprodução.

PUBLICIDADE

Veja mais: Contrata-se mulher motorista de veículo elétrico para entregas no Brasil

Em sites de varejistas como Magalu, Americanas e Amazon, os fãs da cantora ainda encontram CDs e DVDs, mas a popularização das plataformas de streaming, como Spotify, Deezer e Youtube Music, atrai cada vez mais público, principalmente os mais jovens, já habituados em ouvir suas canções preferidas pelo celular. Um dia após sua morte, Marília Mendonça emplacou 74 músicas no Top 200 do Spotify. Em 2019 e 2021, ela foi a artista brasileira mais ouvida nesse serviço. No site da Amazon, o DVD gravado ao vivo pela artista já está esgotado. A gravadora Som Livre informou à Bloomberg Línea que no momento não tem produtos físicos da cantora sendo comercializados.

 Vencedora da edição de 2019 do Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Sertaneja pelo disco Todos os Cantos, cantora goiana Marília Mendonça era a estrela da campanha da Casas Bahia para a Black Friday, que foi suspensa após a mortedfd

No site da Americanas, os fãs encontram dois tipos de almofadas com a imagem do rosto da cantora. Os produtos estão com o selo “red friday”, uma referência à cor da logomarca da varejista, com desconto informado de 15% (de R$ 49 para R$ 41,65). Uma das almofadas exibe Marília com a cantora Anitta. Confeccionada em microfibra, a almofada tem formato quadrado (40 x 40 cm) e é produzida sob a marca Fábrica de Almofadas. Também são disponibilizadas canecas brancas de porcelana com letras de música, com frases como “Ningém Vai Sofrer Sozinho, Todo Mundo Vai Sofrer”, da canção “Todo Mundo Vai Sofrer”, uma das mais reproduzidas para destacar a obra da cantora.

No site da Magalu, o internauta se depara principalmente com vestuário em referência à cantora goiana. Há moletons com desconto declarado de 7% (de R$ 69,90 para R$ 64,90), com a palavra “Ciumeira” na parte de frente do agasalho, nome de um dos seus sucessos. No site da Amazon, o suvernir encontrado é o kit almofada e caneca da Marília Mendonça (R$ 59,99), e a varejista informa que o produto será entregue antes do Natal. A Black Friday e as festas de dezembro, de Natal e Réveillon, são as últimas apostas do ano para o setor aumentar faturamento no ano.

PUBLICIDADE

Fanatic consumer

A oferta de suvernires com a imagem de Marília Mendonça não é um algo novo para os especialistas em varejo. Segundo Ana Paula Tozzi, head da AGR Consultores, esse fenômeno está acontecendo com muita força em outros países. Nos EUA, é chamado de “fanatic consumer”, termo para consumidores que fazem parte de uma comunidade apaixonada por um esportista, time de futebol, cantor, ator, entre outras figuras públicas, cuja imagem do ídolo se projeta para produtos e serviços.

“A gente sempre discute muito que esse tipo de tendência potencializa a venda de produtos e serviços desse fenômeno, que é muito positivo, mas a gente tem sempre que ter cuidado, porque temos problemas de personas, que tiveram alguma atitude problemática e até no caso de Marília Mendonça, que veio a morrer de forma trágica”, comenta a especialista.

A head da AGR Consultores destaca ainda o caráter transitório desses suvernires e o desafio de estoque desses produtos para as varejistas. “Vai ter um desconto grande nesses produtos, mas é muito possível que essas mercadorias que já estão à venda durem muito tempo, porque esse fannatic consumer vai migrar para uma outra persona”, conclui.

Leia também

Após Touro da B3, novo boulevard da Paulista entra na mira da Prefeitura

Sérgio Ripardo

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.

PUBLICIDADE