PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Saúde

Portugal tomará novas medidas para conter pandemia

Com mais um aumento de casos de Covid, país estuda mais medidas para frear vírus; estas devem ser mais brandas que as do início do ano

Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Portugal vai adotar as medidas consideradas “necessárias” para enfrentar a recente explosão de infecções por coronavírus, afirmou a ministra da Presidência Mariana Vieira da Silva.

O governo não espera tomar medidas do mesmo nível e “seriedade” das adotadas no passado, disse a ministra nesta quarta-feira (17) em comentário para a emissora SIC Notícias. Uma reunião com especialistas sobre a pandemia de Covid-19 será realizada na sexta-feira (19).

PUBLICIDADE

Veja mais: Lisboa, a Miami europeia dos brasileiros

No início de outubro, Portugal extinguiu os limites de pessoas por grupo que pode sentar-se à mesma mesa, dando o último passo de um plano para relaxar gradualmente as restrições após a aceleração do programa de vacinação. O uso de máscaras ainda é obrigatório no transporte público. Segundo o governo, cerca de 86% da população do país já completou a vacinação – uma das taxas mais altas do mundo.

Portugal registrou 2.527 novas infecções por coronavírus na quarta-feira (17), o maior número de casos diários em dois meses; o número de pacientes em unidades de tratamento intensivo é de 75. Os últimos números de novos casos confirmados ainda são apenas uma fração do recorde de mais de 16 mil casos diários registrados no final de janeiro, quando o país enfrentou um dos piores surtos do mundo e o número de pacientes em unidades de terapia intensiva girava em torno de 900, obrigando o governo a impor medidas restritas de isolamento.

PUBLICIDADE

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

Pfizer fecha acordo para versões baratas de pílula contra Covid

PUBLICIDADE