Mercados

Boeing se junta a Musk na corrida pela banda larga vinda do espaço

Companhia planeja fornecer serviços de comunicação de alta velocidade para usuários em todo o mundo

A Boeing segue os passos da Space Exploration Technologies, de Elon Musk emergiu como líder espacial, tendo lançado pelo menos 1.700 de seus satélites Starlink de banda larga
Por Todd Shields
03 de Novembro, 2021 | 05:56 pm
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg — A Boeing Co. recebeu autorização dos reguladores dos Estados Unidos para uma frota de 147 satélites de comunicação, seguindo os passos de Elon Musk com a SpaceX, em uma nova corrida para oferecer serviços comerciais de órbitas baixas no espaço.

A Federal Communications Commission (FCC) aprovou o pedido nesta quarta-feira. A Boeing planeja fornecer serviços de comunicação e banda larga para usuários residenciais, comerciais, institucionais, governamentais e profissionais nos Estados Unidos e em todo o mundo, disse a FCC.

Em seu pedido, a Boeing disse à FCC que poderia “fornecer comunicações de banda larga de alta velocidade aos consumidores onde quer que estejam”.

A Space Exploration Technologies Corp. de Musk emergiu como líder espacial, tendo lançado pelo menos 1.700 de seus satélites Starlink de banda larga e tem planos para milhares de outros. A Kuiper Systems da Amazon.com Inc. tem 3.236 satélites de comunicação e a OneWeb, com sede em Londres, está construindo uma frota de 648 satélites.

PUBLICIDADE

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Boeing prepara lançamento de cargueiro em desafio à rival Airbus

Boeing vê recuperação como impulso de mercado de US$ 9 trilhões