promo
Mercados

Boeing se junta a Musk na corrida pela banda larga vinda do espaço

Companhia planeja fornecer serviços de comunicação de alta velocidade para usuários em todo o mundo

Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg — A Boeing Co. recebeu autorização dos reguladores dos Estados Unidos para uma frota de 147 satélites de comunicação, seguindo os passos de Elon Musk com a SpaceX, em uma nova corrida para oferecer serviços comerciais de órbitas baixas no espaço.

A Federal Communications Commission (FCC) aprovou o pedido nesta quarta-feira. A Boeing planeja fornecer serviços de comunicação e banda larga para usuários residenciais, comerciais, institucionais, governamentais e profissionais nos Estados Unidos e em todo o mundo, disse a FCC.

Em seu pedido, a Boeing disse à FCC que poderia “fornecer comunicações de banda larga de alta velocidade aos consumidores onde quer que estejam”.

A Space Exploration Technologies Corp. de Musk emergiu como líder espacial, tendo lançado pelo menos 1.700 de seus satélites Starlink de banda larga e tem planos para milhares de outros. A Kuiper Systems da Amazon.com Inc. tem 3.236 satélites de comunicação e a OneWeb, com sede em Londres, está construindo uma frota de 648 satélites.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Boeing prepara lançamento de cargueiro em desafio à rival Airbus

Boeing vê recuperação como impulso de mercado de US$ 9 trilhões