promo
Mercados

No G-20, Bolsonaro reclama da Petrobras: “É um problema”

Reclamação foi feita em conversa com o líder turco Recep Tayyip Erdogan, quando os dois pararam para conversar, em Roma

Tempo de leitura: 1 minuto

Na cúpula dos chefes de Estado do G-20, em Roma, o presidente Jair Bolsonaro disse que a Petrobras é um “problema”, segundo um vídeo publicado pelo UOL. A reclamação ocorre em um contexto em que o presidente vinha atacando a empresa por “lucros muitos altos” e constantes aumento de combustíveis.

“A Petrobras é um problema”, disse Bolsonaro ao líder turco Recep Tayyip Erdogan, quando os dois pararam para conversar, em pé, no intervalo dos trabalhos.

Veja mais: Lucro da Petrobras supera expectativa com reajuste de combustíveis

O presidente vem atacando repetidamente a Petrobras, às vezes dizendo que quer conter o aumento dos preços dos combustíveis e outras vezes dizendo que ela deveria ser privatizada. Na quinta-feira, as críticas chegaram a um ponto alto, quando, minutos antes da divulgação do balanço da empresa, Bolsonaro afirmou que ela não deveria ser tão lucrativa. Os preços de suas ações despencaram no dia seguinte, apesar de reportar receitas recordes e dívidas em queda.

Veja mais: Bolsonaro critica ‘lucro alto’ da Petrobras, antes da divulgação do balanço

Candidato à reeleição em 2022, Bolsonaro enfrenta queda de popularidade devido a fatores como o aumento da inflação. Na sexta-feira, os estados brasileiros decidiram congelar o ICMS (tributo estadual) cobrado nas vendas de combustíveis por 90 dias.

No vídeo de sábado, Bolsonaro, que esteve ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que tem “um enorme apoio popular” e tem uma boa equipe de ministros. A economia do Brasil está ganhando força, acrescentou.

© 2021 Bloomberg L.P.

Leia também

Kassab: “É o voto útil que vai viabilizar a terceira via”

Os faria limers estão voltando aos escritórios com o aluguel mais caro