promo
Brasil

Volume de serviços sobe 0,5% em agosto, no maior nível em seis anos

Avanço é o quinto positivo consecutivo, acumulando ganho de 6,5% no ano

Mujer en tienda médica en la India
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg Línea — O volume de serviços no Brasil teve alta de 0,5% entre julho e agosto, a quinta taxa positiva seguida, acumulando ganho de 6,5% no ano. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (14) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

  • Com isso, o setor está 4,6% acima do nível pré-pandemia, em fevereiro de 2020, e também alcança o patamar mais elevado desde novembro de 2015
  • O setor ainda está 7,1% abaixo do recorde histórico, alcançado em novembro de 2014

O resultado do setor em agosto foi impulsionado por quatro das cinco atividades, com destaque para serviços de informação e comunicação (1,2%) e transportes (1,1%), após resultados negativos em julho.

Já os serviços prestados às famílias avançaram 4,1% em agosto, quinta taxa positiva desde abril, acumulando crescimento de 50,5%

  • Na comparação com agosto de 2020, o volume de serviços cresceu 16,7%, sexta taxa positiva consecutiva
  • No acumulado do ano, o setor avançou 11,5% frente a igual período do ano anterior

Leia também

Mercados tentam antecipar políticas para calibrar preços x expansão econômica: Breakfast