promo
Cripto

Putin reconhece espaço das criptomoedas em meios de pagamentos

Reconhecimento do valor do dinheiro digital como forma de pagamento pelo presidente russo ocorre em um momento em que os EUA buscam regular as transações e a China as reprime

Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O presidente russo Vladimir Putin sinalizou tolerância às criptomoedas, que atraem cada vez mais o escrutínio dos reguladores em todo o mundo em meio a temores de que possam ser usadas para lavagem de dinheiro e atividades criminosas.

A Rússia buscou alternativas ao comércio em dólares desde que foi alvo de sanções em 2014 após a anexação da Crimeia, e Putin acusa os Estados Unidos de usar sua moeda como arma. Os defensores das criptomoedas afirmam que o dinheiro descentralizado acabará por substituir as moedas emitidas pelos bancos centrais.

Veja mais: Casa Branca avalia maior supervisão para criptomoedas

O Banco da Rússia alertou repetidamente os investidores que o mercado de criptomoedas é extremamente volátil e que moedas digitais não podem ser usadas como forma de pagamento no mercado interno. No entanto, não há planos para uma proibição geral semelhante à da China, disse o vice-ministro das Finanças, Alexei Moiseev, esta semana, de segundo a agência de notícias Interfax.

A tolerância de Putin à criptomoeda surge no momento em que a Casa Branca considera o lançamento de uma ampla iniciativa para revisar e coordenar a política de criptomoedas em todo o governo Biden, o que pode levar a novos regulamentos. Este ano, a China reprimiu a indústria de criptomoedas e, em setembro, proibiu todas as transações de criptomoedas.

Veja mais em Bloomberg.com