promo
Internacional

Blue Origin envia ‘Capitão Kirk’ para o espaço aos 90 anos

Voo aconteceu nesta quarta-feira (13), três meses depois que o fundador da companhia, Jeff Bezos, inaugurou o primeiro voo da empresa de capital fechado com pessoas

Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — A Blue Origin lançou seu segundo vôo tripulado ao espaço suborbital com um manifesto incluindo o ator William Shatner, de “Star Trek”, de 90 anos, que se tornou a pessoa mais velha a decolar do planeta.

O foguete decolou às 9h50 hora local de Van Horn, Texas, para uma jornada de aproximadamente 10 minutos no espaço suborbital, atingindo uma altitude acima de 351.000 pés, ultrapassando a chamada linha Karman de 100 quilômetros (62 milhas) que normalmente denota espaço.

Após um pouso suave, Shatner falou com Bezos fora da cápsula e elogiou a missão como uma experiência indelével.

“Todo mundo precisa fazer isso. Todo mundo precisa ver“, disse Shatner emocionado no webcast da Blue Origin, descrevendo suas percepções durante o voo. “Foi inacreditável.”

Verão tumultuado

O lançamento ocorre após um verão tumultuado para a Blue Origin, que Bezos fundou há 21 anos para promover seus objetivos de ter pessoas morando e trabalhando no espaço. Bezos esteve fortemente envolvido nos eventos do dia, posando para fotos com cada participante enquanto eles embarcaram e foi um dos primeiros a cumprimentar a tripulação quando eles saíram da cápsula da tripulação.

A Blue Origin processou a NASA buscando obter um contrato com os Estados Unidos para desenvolver uma sonda humana para levar humanos à lua como parte do programa Artemis da agência. Ele também enfrentou acusações no mês passado de um ex-funcionário sobre uma cultura sexista e tóxica que também comprometia a segurança. As últimas alegações levaram a Federal Aviation Administration a revisar as práticas de segurança da Blue Origin.

A Blue Origin rebateu as acusações, dizendo que seu principal veículo de lançamento e cápsula definem o padrão de segurança. A empresa começou seu webcast do lançamento nesta quarta-feira (13) com um segmento sobre a cultura de segurança da empresa e como considera robusto o design de sua nave espacial New Shepard.

Junto com Shatner, que interpretou o Capitão James Kirk no famoso programa de televisão dos anos 1960, Blue Origin levou mais três pessoas:

  • Chris Boshuizen, cofundador e ex-diretor de tecnologia da Planet Labs e ex-engenheiro da NASA
  • Glenn de Vries, cofundador da Medidata Solutions, uma plataforma para pesquisa clínica que foi adquirida pela Dassault Systemes em 2019. Ele agora é vice-presidente de ciências da vida e cuidados de saúde da Dassault
  • Audrey Powers, engenheira da Blue Origin e ex-controladora da missão da NASA para a Estação Espacial Internacional. Ela também é piloto e ex-vice-conselheira geral da Blue Origin.

A Blue Origin atrasou o vôo em um dia por causa dos ventos fortes perto do local de lançamento. A empresa, com sede em Kent, Washington, também completou uma missão científica da NASA sem pessoas em 26 de agosto.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

SpaceX atinge valuation de US$ 100 bilhões em oferta secundária