Brasil

IGP-M cai 0,64% em setembro puxado por minério de ferro, diz FGV

Queda foi puxada por recuo de 21,7% da commodity no período

Minério de ferro puxa queda de setembro
29 de Setembro, 2021 | 08:41 am
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg Línea — O Índice Geral de Preços (IGP-M) caiu 0,64% em setembro, após alta de 0,66% no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas nesta quarta-feira (29). Segundo comunicado, com este resultado, o índice acumula alta de 16% no ano e de 24,86% em 12 meses. Em setembro de 2020, o índice havia subido 4,34% e acumulava alta de 17,94% em 12 meses.

  • O minério de ferro registrou queda de 21,74%, sendo a principal contribuição para o resultado do índice
  • Sem o minério de ferro, o IGP-M teria registrado alta de 2,37% em agosto e de 1,21% em setembro, segundo a FGV

Veja mais: Minério de ferro desacelera perdas apesar de cortes de energia

Contexto

Segundo analistas do UBS, em relatório, as restrições de energia, os cortes de produção durante o inverno e a iniciativa para melhorar a qualidade do ar durante a Olimpíada de Inverno na China devem pressionar os volumes de aço no curto prazo, o que contribui para a queda do minério de ferro no mundo.

Ainda assim, os preços devem continuar pressionados por problemas na safra agrícola no Brasil, que prejudica o valor dos grãos, além de dificuldades logísticas ao redor do globo, que encarecem os produtos, e o aumento da energia elétrica no país, que sofre com a crise hídrica.

PUBLICIDADE

--Com informações da Bloomberg News

Leia também

Mercados internacionais voltam às compras de ações depois da tormenta


PUBLICIDADE