PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Totvs e Vamos fixam preço em follow-on, IPO da Bluefit: Radar SA

Próxima semana terá duas novas empresas na B3, além de definição sobre proposta do Grupo HB Saúde pela SulAmérica e Hapvida

Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Totvs e Vamos definem o preço por ação em suas ofertas subsequentes, enquanto mais duas companhias tentam chegar à bolsa. Acionistas do Grupo HB Saúde se reúnem para deliberar sobre propostas de aquisição feitas por SulAmérica e Hapvida.

A semana

PUBLICIDADE
  • 20/setembro: Ações da Hering deixam de ser negociadas
  • 21/setembro: Definição de preço por ação em follow-on da Totvs
  • 22/setembro: Nada previsto até o momento
  • 23/setembro: Definição de preço por ação em IPO de Althaia
  • 23/setembro: Definição de preço por ação em follow-on de Vamos
  • 23/setembro: HB Saúde promove AGE para avaliar propostas de SulAmérica e Hapvida
  • 24/setembro: Copel tem reunião com investidores e analistas, organizada pela Apimec
  • 24/setembro: Definição de preço por ação em IPO de Bluefit

Preços da Petrobras

Estatal segue em foco após Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, afirmar que as explicações do CEO da Petrobras em audiência pública no Congresso não foram satisfatórias. Lira cobrou uma solução efetiva para a questão dos preços dos combustíveis, dizendo que “não é justo” que a companhia preconize apenas seus lucros.

OPA da Log-In

Ações da Log-In dispararam após a MSC Mediterranean Shipping Company, apresentar proposta para comprar participação de até 67% na empresa brasileira de logística por meio de uma oferta pública. A gestora Alaska Investimentos detinha 45,5% do capital da Log-In no início de junho, segundo dados da Bloomberg. Para analistas do Itaú BBA, a aprovação do Cade não deve ser um problema dado que a MSC atualmente não possui operação de cabotagem no Barsil.

SoftBank dobra aposta

O SoftBank lançou um segundo fundo destinado à América Latina e planeja investir US$ 5 bilhões na região somente neste ano. Retornos do conglomerado japonês em companhias latino-americanas têm sido excepcionais e os valuations estão “onde eles deviam estar”, segundo Marcelo Claure, CEO do SoftBank Group International.

PUBLICIDADE

Oferta da AES Brasil?

A AES Brasil engajou os bancos Bradesco BBI, Itaú BBA, Credit Suisse, Santander Brasil e HSBC para uma eventual oferta pública de ações. O plano de crescimento da companhia poderá ser acelerado pela potencial transação, disse a AES.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Mercados da Europa e dos EUA buscam pistas sobre inflação e economia

PUBLICIDADE