Agro

Prefere café forte? Grãos do tipo rio estão mais caros com crise de oferta

Agricultores no Brasil reduziram a produção da variedade para produzir grãos arábica de alta qualidade, usados por redes como Starbucks

Café rio é conhecido por seu aroma e sabor fortes e geralmente é colhido nas terras de baixa altitude do Brasil
Por Fabiana Batista
16 de Setembro, 2021 | 05:08 pm
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg — Uma variedade de café-arábica mais barata chamada rio, conhecida por ser uma bebida de sabor forte, está mais cara devido à escassez de oferta.

Agricultores no Brasil reduziram a produção do café tipo rio para produzir grãos arábica de alta qualidade, usados por redes como Starbucks. Agora, quando comparado a grãos mais finos, o café rio é comercializado com o menor desconto desde novembro.

O café rio é conhecido por seu aroma e sabor fortes e geralmente é colhido nas terras de baixa altitude do Brasil. Embora seu sabor não agrade consumidores nos Estados Unidos e na Europa, é apreciado no Brasil e em países mediterrâneos, incluindo Turquia, Síria, Líbano, Egito e Grécia, disse Nelson Salvaterra, corretor da Coffee New Selection.

“Podemos ver o preço do café rio se aproximando dos arábicas mais finos devido à oferta escassa”, disse.

PUBLICIDADE

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Investidor estrangeiro começa a tirar dinheiro da Bolsa do Brasil

PUBLICIDADE