Mercados

Real descola de pares e sobe antes de Jackson Hole; Ibovespa avança

Mercados internacionais aguardam mensagem sobre futuro dos estímulos à economia americana; mercados brasileiros operam com leve tom positivo

Exterior espera declarações de Powell nesta sexta
27 de Agosto, 2021 | 10:51 am
Tempo de leitura: 1 minuto
Últimascotações

Bloomberg Línea — O dólar futuro tinha leve queda nesta sexta-feira (27), descolando de outros pares emergentes, à espera das falas do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, às 11h, horário de Brasília. Os mercados internacionais seguiam cautelosos antes do aguardado discurso, que manteve os ativos de risco ao redor do mundo perto do zero a zero antes de sinalizações sobre uma possível retirada dos estímulos à economia americana ainda este ano.

  • Perto das 10h50, o principal índice da bolsa brasileira subia 0,47%, a 119.279 pontos
  • O real tinha a terceira melhor performance entre os pares emergentes, de acordo com informações compiladas pela Bloomberg. O dólar futuro recuava 0,24%, a R$ 5,2428
  • A curva de juros brasileira operava em alta, com o DI com vencimento para janeiro de 2022 avançando dois pontos-base, para 6,800%
  • Nos EUA, o Dow Jones sobe 0,20%, o S&P 500 0,32% e o Nasdaq, 0,23%, em compasso de espera pelo discurso de Powell

Veja mais: Dirigentes do Fed defendem retirada de estímulos mesmo com avanço da variante delta

Destaques da bolsa: Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4 e PETR3) são os maiores pesos positivos do Ibovespa, beneficiados pelas altas do petróleo e do minério de ferro, enquanto Equatorial (EQTL3), NotreDame (GNDI3) e Suzano (SUZB3) lideram a ponta oposta

    • A Petrobras realiza hoje Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para eleger o conselho de Administração a partir das 15h00

Fique atento

As manifestações de apoio ao presidente Jair Bolsonaro prometidas para o feriado de 7 de setembro estão sendo consideradas um termômetro para a equipe econômica sobre o andamento da agenda da pasta, informou a Bloomberg News. Segundo integrante da pasta consultado pela reportagem, se o resultado for um aumento ainda maior da tensão e uma piora do clima belicoso entre os Poderes, não haverá clima para praticamente nenhuma proposta caminhar.

PUBLICIDADE

O mercado também opera monitorando de perto a crise energética no país, que tem acelerado a alta da inflação. Hoje, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulga a bandeira tarifária para setembro.

Leia também

Caos logístico abala exportação de carne do Paraguai e Uruguai

Falta de chips continua em 2022, diz fornecedora de montadoras

Presidente argentino oferece doar o próprio salário para contornar escândalo sobre festa no auge da pandemia

Ana Siedschlag

Ana Carolina Siedschlag

Editora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero e especializada em finanças e investimentos. Passou pelas redações da Forbes Brasil, Bloomberg Brasil e Investing.com.

Kariny Leal

Kariny Leal

Jornalista carioca, formada pela UFRJ, especializada em cobertura econômica e em tempo real, com passagens pela Bloomberg News e Forbes Brasil. Kariny cobre o mercado financeiro e a economia brasileira para a Bloomberg Línea.

PUBLICIDADE