Agro

CMN aprova R$ 1,3 bilhão para socorrer produtores de café

Ministério da Agricultura havia aprovado uma reserva do Funcafé na semana passada, mas medida dependia de aval do Ministério da Economia. Recursos serão destinados às lavouras atingidas pelas geadas

Governo aprova liberação de R$ 1,32 bilhão para socorrer produtores atingidos por geadas do mês de julho
17 de Agosto, 2021 | 06:46 pm
Tempo de leitura: <1 minuto

São Paulo — O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou hoje uma reserva no valor de R$ 1,32 bilhão dos recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) para serem destinados aos produtores atingidos pelas recentes geadas ocorridas no Brasil.

Foram reservados 20% do valor das linhas de custeio, comercialização, capital de giro e financiamento para aquisição de café e 100% da verba da linha de recuperação de cafezais danificados.

Com o aval do CMN, os recursos serão liberados para os bancos, que destinarão o dinheiro a produtores, cooperativas, indústrias e exportadores.

As estimativas do governo indicam que aproximadamente 200 mil hectares de cafezais tenham sido prejudicados pela onda de frio que atingiu regiões de Minas Gerais, São Paulo e Paraná durante o mês de julho.

Alexandre Inacio

Alexandre Inacio

Jornalista brasileiro, com mais de 20 anos de carreira, editor da Bloomberg Línea. Com passagens pela Gazeta Mercantil, Broadcast (Agência Estado) e Valor Econômico, também atuou como chefe de comunicação de multinacionais, órgãos públicos e como consultor de inteligência de mercado de commodities.