Internacional

Vanguard oferece US$ 1.000 a funcionários vacinados até outubro

Gestora de ativos vai pagar bônus a todos os empregados que comprovem vacinação contra a Covid-19, mesmo que tenham sido imunizados antes da oferta

“Estamos oferecendo um incentivo para os que forneçam prova de vacinação contra a Covid-19”, disse a porta-voz da Vanguard
Por Annie Massa
04 de Agosto, 2021 | 12:09 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A Vanguard Group está oferecendo US$ 1.000 a funcionários que se vacinem até outubro, segundo uma pessoa a par do assunto.

A gestora de ativos vai pagar o bônus a todos os empregados que comprovem vacinação contra a Covid-19, mesmo que tenham sido imunizados antes de a empresa anunciar a oferta. Uma porta-voz da Vanguard confirmou que a empresa está oferecendo o bônus.

“Estamos oferecendo um incentivo para os que forneçam prova de vacinação contra a Covid-19”, disse a porta-voz em comunicado por e-mail, acrescentando que a gestora recompensa os funcionários “que dedicaram tempo para se protegerem, uns aos outros, e às nossas comunidades sendo vacinadas.”

O programa segue a decisão da Vanguard de adotar um modelo híbrido no início do ano, permitindo que a maioria dos funcionários trabalhe remotamente às segundas e sextas-feiras. Enquanto empresas nos EUA estabelecem planos para retornar aos escritórios com certo nível de ocupação, enfrentam a questão de exigir ou não vacinação, especialmente com a variante delta se espalhando por segmentos não imunizados da população dos EUA.

PUBLICIDADE

A rival BlackRock ajustou recentemente os planos e proibiu funcionários não vacinados de entrar nos escritórios nos Estados Unidos a partir de julho. Empregados da empresa com sede em Nova York tiveram que informar o status de vacinação até o fim de junho.

No estado da Pensilvânia, onde está a sede da Vanguard, cerca de 53% das pessoas estão totalmente imunizadas, de acordo com o rastreador de vacinas da Bloomberg.

Leia mais em bloomberg.com

PUBLICIDADE