Mercados

Brisanet levanta mais de R$ 1 bi em IPO e estreia na Bolsa com ação a R$ 13,92, piso da faixa

Provedora cearense de serviços de internet começa a ter suas ações negociadas na B3 na próxima quinta-feira

Brasil vive um boom de abertura de capital na Bolsa, com a entrada de empresas regionais do setor de telecomunicações e internet
27 de Julho, 2021 | 07:17 pm
Tempo de leitura: <1 minuto

São Paulo — A Brisanet, provedora cearense de serviços de internet de fibra óptica, estreia na próxima quinta-feira (29) no pregão da B3. A oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da companhia movimentou pelo menos R$ 1,250 bilhão. O papel foi precificado a R$ 13,92, piso da faixa indicativa (R$ 13,92 a R$ 17,26), informou o site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), no início da noite de hoje.

A operação, liderada pelo Santander, consiste na emissão de 89.798.851 ações ordinárias, sem incluir lotes extras. Criada há 22 anos, a Brisanet atua no Nordeste, nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

Neste ano, operadoras regionais de telecomunicações estão abrindo capital na Bolsa, em busca de recursos para projetos de expansão, em um contexto de consolidação do setor, tendo em vista a tecnologia 5G de telefonia.

Nesta terça-feira, foi a vez da Unifique Telecomunicações, de Santa Catarina, estrear na Bolsa. As ações da companhia fecharam na mínima do dia, a R$ 7,90, queda de 8,14% em relação ao valor de abertura.

Sérgio Ripardo

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.

PUBLICIDADE