Emergentes

Mercados

Emergentes têm US$ 237 bilhões de títulos em risco de calote

Foco se volta para El Salvador, Gana, Egito, Tunísia e Paquistão - países que acumulam uma alta taxa de dívida

Mercados

As apostas destas 3 gestoras globais para investir com inflação e juros altos

Mais do que títulos atrelados à alta dos preços, é hora de buscar outras formas de proteção, apontam gestores de BlackRock, Janus Henderson e New Capital em evento

PUBLICIDADE
Mercados

Ainda é cedo para buscar pechinchas na bolsa, alerta gestor da Janus Henderson

Ales Koutny, estrategista para emergentes da gestora britânica, afirma à Bloomberg Línea que juros vão subir mais do que o mercado precifica

Mercados

Por que o Goldman Sachs decidiu apostar na valorização do real

Desempenho de moedas de emergentes como o Brasil correlacionado a commodities abre caminho para oportunidades, defendem analistas

PUBLICIDADE
Mercados

Rali de ações no Brasil e em outros emergentes enfrenta novos obstáculos

Cautela renovada de investidores reflete em parte preocupação com desaceleração do crescimento nos EUA e no mundo desenvolvido

Mercados

Emergentes devem se beneficiar do pico do dólar, segundo Goldman Sachs

Após pico de alta moeda, países emergentes costumam ter bom desempenho; seria o caso desta vez?

PUBLICIDADE
Mercados

Após perda de US$ 5 trilhões, emergentes sinalizam recuperação

Após 15 meses de saídas de capitais, os mercados emergentes estão em um estágio avançado da precificação de riscos

Mercados

Mapeando a economia global: perspectivas de crescimento continuam caindo

Os bancos centrais em todo o mundo continuam subindo as taxas de juros para combater um aumento na inflação

PUBLICIDADE
Mercados

Dinheiro parado é melhor que títulos de emergentes, diz gestor

Miguel Arno, gestor da Brandywine Global, disse que prefere deixar a inflação consumir as participações do que arriscar perdas maiores

Mercados

Aperto do Fed faz ações de emergentes reviverem liquidação da pandemia

Perspectiva do aumento da taxa de juros pelo banco central americano pode levar países em desenvolvimento a um sell-off intenso

PUBLICIDADE
Mostre mais