Minério de ferro salta acima de US$ 104 com aposta em melhora da demanda

Os futuros da matéria-prima chegaram a saltar 6,6% nesta segunda, para US$ 104,85 a tonelada, depois de duas semanas seguidas de queda

O minério, contudo, continua sendo uma das commodities com pior desempenho do ano
Por Bloomberg News
08 de Abril, 2024 | 08:21 AM

Bloomberg — O minério de ferro era negociado em forte recuperação nesta segunda-feira (8), impulsionado pela especulação de que a demanda pode aumentar na China.

Os futuros da matéria-prima em Singapura chegaram a saltar 6,6%, para US$ 104,85 a tonelada, depois de duas semanas seguidas de queda.

A demanda por aço para construção e para a indústria “tem potencial para melhorar” após medidas de estímulo, disse a China Industrial Futures. “As usinas também estão reiniciando lentamente os altos-fornos depois que os lucros melhoraram.”

  Dados recentes da China sobre demanda contribuem para apreciaçãodfd

O minério continua sendo uma das commodities com pior desempenho do ano, com queda de cerca de 25%, em meio à prolongada crise imobiliária da China. Mas alguns dados recentes da maior economia da Ásia mostraram aumento de atividade nas fábricas acima das expectativas em março.

PUBLICIDADE

A China é o maior importador mundial de minério de ferro, e as maiores fornecedoras são mineradoras na Austrália e no Brasil, com Rio Tinto e Vale (VALE3).

Veja mais em bloomberg.com