Mercados na Ásia indicam abertura mista depois de feriado nos EUA

Investidores aguardam a divulgação da ata da última reunião do Fed, além de resultados corporativos como o da Nvidia, ambos na quarta-feira (21)

Distrito financeiro de Xangai, na China: mercados locais reabriram nesta semana após o Ano Novo Lunar (Foto: Raul Ariano/Bloomberg)
Por Richard Henderson
19 de Fevereiro, 2024 | 08:25 PM

Bloomberg — As bolsas asiáticas estavam preparadas para uma abertura mista na terça-feira (20), enquanto os investidores aguardam novos catalisadores após os mercados dos Estados Unidos terem ficado fechados devido a um feriado na segunda-feira (19).

Os futuros dos principais índices de ações na Austrália e no Japão permaneceram pouco alterados, enquanto os de Hong Kong subiram. Um indicador de ações globais está apenas 1,1% abaixo do seu pico depois de o S&P 500 ter estabelecido um novo recorde na semana passada, enquanto o Euro Stoxx 50, que abrange toda a região, opera próximo a uma alta de duas décadas.

A negociação de Treasuries também esteve fechada na segunda-feira. Um índice do dólar permaneceu pouco alterado, enquanto o iene ficou estável em torno de 150 por dólar - nível que manteve no início da negociação asiática na terça-feira. Os rendimentos dos títulos de 10 anos da Austrália e da Nova Zelândia subiram ligeiramente no início das negociações.

Na China, os índices do continente estiveram mais altos na segunda-feira na primeira sessão de volta depois do feriado do Ano Novo Chinês. Os índices de Hong Kong, que retomaram a negociação na semana passada, caíram.

PUBLICIDADE

Um aumento no volume de negociação de vários ETFs na China indicou que fundos estatais continuavam a apoiar o mercado. Os dados das taxas de empréstimos prime da China são esperados para terça, enquanto o Reserve Bank da Austrália deve divulgar a ata de sua reunião de fevereiro.

O BHP Group, maior mineradora do mundo, reportou lucros de US$ 6,57 bilhões, abaixo das estimativas do consenso, e disse que a demanda do principal cliente, a China, estava saudável, apesar da fraqueza no setor imobiliário.

As expectativas para as taxa de juros permanecem firmemente no foco do mercado.

PUBLICIDADE

Swaps agora estão precificando cerca de 90 pontos-base de cortes nas taxas de juros do Federal Reserve em 2024 - ante mais de 150 pontos-base no início de fevereiro. Na Europa, as apostas foram reduzidas para cerca de 100 pontos-base, de 150.

“Os mercados se ajustaram à ideia de que os cortes nas taxas viriam mais tarde e provavelmente seriam menos importantes do que o inicialmente precificado”, disse Vincent Juvyns, estrategista de mercado global da JPMorgan Asset Management, na Bloomberg Television.

O movimento ascendente também é “realmente impulsionado pelo crescimento decente dos lucros que vimos durante o quarto trimestre”, acrescentou.

Os lucros da Nvidia na quarta-feira podem fornecer um novo ímpeto para as ações, enquanto os investidores tentam avaliar a força da economia global. A gigante de chips superou o valor de mercado da Amazon diante da expectativa de que será uma grande vencedora com os desenvolvimentos em inteligência artificial.

Outros catalisadores potenciais para os mercados nesta semana incluem a divulgação da ata da reunião de janeiro do Fed, que será divulgada na quarta-feira (21), e os dados de inflação da zona do euro na quinta-feira (22).

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

Goldman eleva projeção para o S&P 500 e vê índice aos 5.200 pontos ao fim do ano