Ásia tem abertura com sinais mistos após dia de leves ganhos em Nova York

Rendimentos dos Treasures voltaram a subir, mas isso não tem impedido o S&P 500 e o Nasdaq Composite de acumularem ganhos nesta semana

An electronic ticker at the Exchange Square Complex, which houses the Hong Kong Stock Exchange, in Hong Kong, China, on Tuesday, Jan. 23, 2024. Asian stocks advanced, led by Hong Kong, on news that Chinese authorities are considering a rescue package to stem an extended market slump. Photographer: Paul Yeung/Bloomberg
Por Richard Henderson
08 de Fevereiro, 2024 | 08:24 PM

Bloomberg — As ações na Ásia caminhavam para uma abertura mista na sexta-feira (9) depois que as bolsas dos EUA atingiram um recorde, enquanto os Treasuries (títulos do governo dos EUA) caíram pelo segundo dia consecutivo, com rendimentos mais altos em suporte ao dólar.

Contratos futuros para o Índice Hang Seng de Hong Kong caíram na manhã no Oriente, indicando um terceiro declínio diário para o índice, que enfrentou uma negociação volátil nesta semana enquanto a China tenta conter a queda do mercado de ações do país.

O índice Golden Dragon de empresas chinesas listadas nos EUA caiu 1,1% em Nova York, indicando mais pressão pela frente em um dia interrompido por feriados, incluindo o Ano Novo Chinês. Os mercados fecharão mais cedo na sexta-feira em Hong Kong e Cingapura e estarão fechados na China continental e em Taiwan, Coreia do Sul, Indonésia, Filipinas e Vietnã.

LEIA +
Recompras de ações atingem recorde. O que isso indica sobre a visão das empresas

Os futuros para a Austrália operavam estáveis, enquanto os do Japão subiam, apoiados por um iene mais fraco. A moeda caiu 0,8% em relação ao dólar na quinta-feira, após comentários de um vice-governador do Banco do Japão sugerindo que o banco central não terá pressa em alterar suas políticas monetárias estimulativas. Um índice do dólar subiu 0,2% na quinta-feira.

PUBLICIDADE

O S&P 500 fechou 0,06% mais alto, pouco abaixo dos 5.000 pontos do índice - um limiar que atingiu durante a sessão de quinta. O nível de fechamento estabeleceu um novo recorde. O Nasdaq Composite subiu 0,24%.

“Nossa expectativa básica permanece para um pouso suave para a economia dos EUA, com o S&P 500 encerrando o ano em torno dos níveis atuais”, disse Solita Marcelli, da UBS Global Wealth Management, em uma nota na quinta-feira.

“No entanto os dados econômicos recentes destacaram o potencial para um período de crescimento continuamente mais forte, inflação controlada e flexibilização monetária mais rápida. Nesse cenário, acreditamos que o S&P 500 tem potencial para subir para cerca de 5.300 neste ano.”

PUBLICIDADE

Os rendimentos da Austrália e da Nova Zelândia subiram na sexta após os Treasuries caírem pelo segundo dia consecutivo na véspera. A venda ocorreu mesmo com o governo dos EUA vendendo US$ 25 bilhões em títulos de 30 anos a um rendimento menor do que o esperado, sinalizando uma demanda saudável.

O rendimento do título de 10 anos subiu três pontos-base na quinta-feira e adicionou 13 pontos-base nesta semana, à medida que os investidores ajustam as previsões de taxas de juros com base em dados econômicos fortes e comentários dos formuladores de política monetária do Federal Reserve.

O presidente do Federal Reserve Bank de Richmond, Thomas Barkin, foi o último a reiterar que o banco central tem tempo para ser paciente antes de cortar as taxas. Novos dados na quinta-feira também destacaram a resiliência econômica dos EUA. Os pedidos de seguro-desemprego caíram um pouco abaixo das previsões do consenso de mercado, sinalizando que o mercado de trabalho permanece forte.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

Hertz é rebaixada pelo Morgan Stanley, que cita necessidade de mais mudanças