Quem são os bilionários mais jovens do mundo: de herdeiros a um empreendedor

Clemente Del Vecchio, um dos herdeiros italianos da Luxottica, da marca Ray-Ban, com 19 anos, não é o único a surpreender pela idade ao integrar a lista dos mais ricos

Bilionário mais jovem do mundo, Clemente Del Vecchio, tem 19 anos
04 de Junho, 2023 | 04:45 PM

Bloomberg Línea — O nome de Clemente Del Vecchio, herdeiro italiano da Ray-Ban, ganhou os holofotes nos últimos dias, quando foi noticiado que ele é o bilionário mais jovem do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 3,8 bilhões (cerca de R$ 19 bilhões).

O jovem de 19 anos é um dos seis filhos de Leonardo Del Vecchio, fundador da Luxottica, que construiu o império de marcas como Ray-Ban e Oakley e faleceu no ano passado.

Com a morte do executivo, Clemente herdeu uma participação de 12,5% na Delfin, holding criada em 2018 após a fusão da Luxottica com uma companhia francesa e que também tem ações dos bancos italianos Mediobanca e UniCredit, da seguradora Generali e da incorporadora imobiliária Covivio, segundo a CNN.

Além de Clemente, dois de seus irmãos também configuram na lista de bilionários mais jovens da Forbes: Luca Del Vecchio, 21, e Leonardo Maria Del Vecchio, de 28 anos, ambos com uma fortuna estimada em US$ 3,8 bilhões cada um.

PUBLICIDADE

O grupo inclui ainda herdeiros das indústrias de games, química, farmacêutica e de real estate. Dos bilionários abaixo dos 30 anos, apenas um não é herdeiro.

Confira a seguir o ranking dos 10 bilionários mais jovens do mundo, segundo a Forbes:

1. Clemente Del Vecchio

Idade: 19 anos

Fortuna estimada: US$ 3,8 bilhões

Clemente Del Vecchio é o mais novo dos seis filhos de Leonardo Del Vecchio, fundador da Luxottica que construiu o império de marcas como a Ray-Ban e a Oakley.

Aos 19 anos, o jovem integra agora a lista dos mais ricos do mundo da Forbes, com uma fortuna estimada em US$ 3,8 bilhões após a morte do pai, em 2022, ocupando a 760ª posição na lista ao lado dos irmãos Luca, Leonardo, Paola, Marisa e Claudio.

2. Kim Jung-youn

Idade: 19 anos

PUBLICIDADE

Fortuna estimada: US$ 1,4 bilhão

Também com 19 anos, a sul-coreana tem uma fortuna estimada em US$ 1,4 bilhão, fruto da parte que herdou da empresa do pai, o empresário Kim Jung-ju, que fundou a companhia de games Nexon.

Jung-youn e sua irmã mais velha, Jung-min, herdaram, cada uma, uma participação de 30,78% na holding criada pelo pai, a NXC, que possui 48% das ações da Nexon.

3. Kevin David Lehmann

Idade: 20 anos

Fortuna estimada: US$ 2,4 bilhões

Kevin David Lehmann foi o jovem mais rico do mundo em 2021, quando passou a deter 50% da rede de farmácias alemã Drogerie Markt (dm) após a morte do pai. Atualmente com 20 anos, o jovem tem uma fortuna estimada em US$ 2,4 bilhões.

4. Luca Del Vecchio

Idade: 21 anos

Fortuna estimada: US$ 3,8 bilhões

5. Kim Jung-min

Idade: 21 anos

Fortuna estimada: US$ 1,4 bilhão

6. Alexandra Andresen

Alexandra Andresendfd

Idade: 26 anos

Fortuna estimada: US$ 1,5 bilhão

A jovem bilionária norueguesa é herdeira da holding Ferd, que detém participação parcial em empresas da indústria e finanças, bem como um portfólio imobiliário.

Andresen é filha do industrial norueguês Johan H. Andresen jr, que é proprietário da Ferd AS e que em 2007 transferiu participações de 42,2% tanto para Alexandra como para sua irmã Katharina Andresen.

7. Wang Zelong

Idade: 26 anos

Fortuna estimada: US$ 1,2 bilhão

Wang entrou para a lista de bilionários em 2021, quando herdou uma participação de mais de US$ 1,3 bilhão na CNNC Hua Yuan Titanium Dioxide, uma empresa química listada na bolsa de valores chinesa de Shenzhen.

Além disso, ele tem participação na Lomon Billions Group, empresa que também produz dióxido de titânio.

8. Leonardo Maria Del Vecchio

Idade: 28 anos

Fortuna estimada: US$ 3,8 bilhões

9. Katharina Andresen

Katharinadfd

Idade: 28 anos

Fortuna estimada: US$ 1,5 bilhão

10. Ryan Breslow

Idade: 29 anos

Fortuna estimada: US$ 1,1 bilhão

Entre os 10 mais ricos do mundo abaixo dos 30 anos de idade está o americano Ryan Breslow, o único que não é herdeiro. Ao 29 anos, ele faz parte da lista com um patrimônio estimado em US$ 1,1 bilhão depois de fundar a startup de pagamentos Bolt.

Segundo a Forbes, Breslow abandonou a faculdade em Stanford em 2014 para começar o negócio. A companhia perdeu mais da metade de seu valor desde janeiro do ano passado, mas ainda é avaliada em cerca de US$ 5 bilhões. O americano também lidera, há um ano e meio, uma startup voltada para o bem-estar, chamada Love.

Leia também

Brex, dos brasileiros Dubugras e Franceschi, cresce 50% após quebra do SVB

ChatGPT fomenta mercado de IA que pode chegar a US$ 1,3 tri ao ano até 2032

Tok&Stok: os bastidores da reação contra a empresa que pediu a sua falência

Tamires Vitorio

Jornalista formada pela FAPCOM, com experiência em mercados, economia, negócios e tecnologia. Foi repórter da EXAME e CNN e editora no Money Times.