Startups

Gympass fortalece aposta em bem-estar em preparação para IPO

Unicórnio acaba de disponibilizar um app de personal trainer para brasileiros; VP Priscila Siqueira conta os próximos passos à Bloomberg Línea

Brasileiros recorrem à atividade física durante a pandemia para manter os níveis de saúde e bem-estar
02 de Agosto, 2022 | 05:00 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

São Paulo — Quando a Gympass surgiu como startup, há dez anos, a proposta era oferecer um benefício de atividade física para empresas por meio de parcerias com academias. Os funcionários de empresas conveniadas poderiam escolher planos a partir de R$ 29,90, na época, para ter acesso a variadas atividades.

Mas quando as pessoas foram forçadas a fazer exercícios em casa, quando faziam, nos dois primeiros anos da pandemia de covid-19, a companhia precisou se reinventar para se manter viva. O unicórnio brasileiro decidiu emplacar a marca como uma plataforma de benefícios de bem-estar, adicionando aplicativos como Strava, Calm, Tecnonutri e outros 37 nessa mesma linha.

“Os aplicativos trouxeram a possibilidade de lidarmos com saúde emocional, nutrição, antitabagismo, educação financeira, todos os principais pilares de bem-estar,” disse Priscila Siqueira, vice-presidente da Gympass no Brasil, em entrevista à Bloomberg Línea.

Durante os dois primeiros anos de pandemia, a empresa habilitou desde a funcionalidade de personal trainer para aulas online até guia de meditação individual no aplicativo.

PUBLICIDADE

Foi assim que no ano passado, por meio do seu braço de New Ventures, que analisa novas oportunidades de negócio, a Gympass encontrou a Trainiac, uma plataforma americana de atendimento individualizado profissional em que o usuário tem o acompanhamento de um personal trainer que monta e controla a programação de treinos.

A Gympass comprou o app em dezembro de 2021. O benefício de personal trainer, que já estava disponível nos Estados Unidos, agora passou a funcionar no Brasil, com inicialmente 50 treinadores cadastrados. Para eles, a empresa oferece acesso à base de clientes sem custo.

A Trainiac foi mais uma aquisição desde que a companhia entrou em uma maratona de compras para se consolidar como um aplicativo de bem-estar. A empresa comprou a Andjoy, de academias na Espanha, a 7Card, uma empresa de bem-estar da Romênia, e a Vitalk, brasileira de saúde mental. E também está desenvolvendo, dentro de casa, um aplicativo para cuidados de pessoas com doenças crônicas.

Novos profissionais

Em fevereiro, a Gympass trouxe ex-executivos do Google e do Hubspot como diretores para acelerar os negócios com pequenas e médias empresas nos Estados Unidos. Hoje, a companhia diz que tem 6 mil clientes em 11 países (Estados Unidos, Argentina, Brasil, Chile, México, Alemanha, Irlanda, Itália, Espanha, Reino Unido e Romênia).

PUBLICIDADE

Em junho de 2021, a Gympass recebeu sua rodada Série E de investimento, no valor de US$ 220 milhões, do SoftBank, da General Atlantic, da Moore Strategic Ventures, da Kaszek e do Valor Capital Group. O aporte a avaliou em US$ 2,2 bilhões.

Questionada sobre uma possível entrada em bolsas americanas, Siqueira disse que os investidores privados não estão com pressa para uma abertura de capital, ou um IPO (oferta pública inicial de ações), e que a empresa está olhando o mercado de maneira seletiva.

“O mercado não está no melhor cenário. Estamos trabalhando com muita cautela e pés no chão. Sempre fomos muito cuidadosos e isso fez que saíssemos da pandemia melhores, com um negócio mais abrangente”, disse.

A Gympass tem pouco mais de 1600 funcionários no mundo e disse que não fez demissões em massa.

Leia também:

Gympass contrata ex-executivos do Google e Hubspot como diretores

Isabela  Fleischmann

Isabela Fleischmann

Jornalista brasileira especializada na cobertura de tecnologia, inovação e startups

PUBLICIDADE